MENU

29/04/2021 às 13h20min - Atualizada em 29/04/2021 às 13h20min

Air Transat faz acordo com os federais e terá empréstimo de $700 milhões

Entre os compromissos assumidos pela empresa para acessar o financiamento está o reembolso de viajantes, que terá início imediato

Redação North News
com informações do The Canadian Press
Foto: Bayne Stanley/Zuma Press
 
A empresa de viagens Transat AT Inc, que atua sob as bandeiras Transat e Air Transat, fechou um acordo com o governo do Canadá para um empréstimo de $700 milhões.

O dinheiro virá por meio do Fundo de Financiamento de Emergência para Grandes Empregadores do governo federal, o mesmo programa usado para ajudar a Air Canada.


Reembolso de viajantes
De acordo com a Transat, $390 milhões serão usados ​​para ajudar a apoiar seus negócios, enquanto $310 milhões serão usados ​​para reembolsar viajantes.

A empresa assumiu certos compromissos, entre eles o reembolso de viajantes com partida programada em ou após 1º de fevereiro de 2020, para os quais foi emitido crédito de viagem devido ao Covid-19.

"Os reembolsos começarão imediatamente, com os termos a serem comunicados separadamente. De acordo com o contrato, para serem elegíveis, os clientes deverão indicar expressamente seu desejo de reembolso", diz a empresa.

Ano difícil
A Transat passou por um ano difícil, suspendendo todos os voos após o pedido do governo federal em janeiro de interromper as viagens para o México e o Caribe devido à pandemia.

A Air Canada e a Transat anunciaram no início do mês que as duas empresas sediadas em Montreal haviam concordado em cancelar um acordo que teria feito a maior companhia aérea do país comprar sua rival menor.

Iniciada há dois anos, a aquisição foi avaliada em $720 milhões antes de encolher para $190 milhões quando a Covid-19 atacou o setor de transporte, morrendo em 2 de abril.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%