MENU

04/05/2021 às 09h35min - Atualizada em 04/05/2021 às 09h35min

Polícia de Toronto apresenta mais 221 acusações por descumprimento das ordens de emergência Covid-19

Flagrantes foram feitos entre a tarde da última sexta-feira e a noite de domingo; na última semana haviam sido aplicadas 231 acusações

Redação North News
com informações do CP24
Foto: Nathan Denette/The Canadian Press
 
A polícia de Toronto apresentou mais de 220 acusações sob as ordens de emergência de Ontário no último final de semana.

Segundo o chefe de polícia interino de Toronto, James Ramer, as 221 acusações foram feitas pela polícia entre a tarde de sexta-feira e a noite de domingo.

As acusações relacionadas a Lei de Gerenciamento de Emergências e Proteção Civil (EMCPA) do fim de semana são quase tantas quanto as 231 acusações que a polícia de Toronto apresentou entre segunda e sexta-feira da semana passada, a primeira semana em que equipes de fiscalização Covid-19 dedicadas estavam operando.

“Nossos esforços de fiscalização continuam. Desde esta atualização, no fim de semana, @TorontoPolice impôs 221 acusações adicionais, incluindo acusações de código penal, em relação ao não cumprimento de ordens de emergência. Por favor, continue em casa e em segurança”, 
disse Ramer.

A ordem de permanência em casa de Ontário está em vigor desde 8 de abril e deve continuar até 19 de maio em um esforço para conter a disseminação da Covid-19, com a terceira onda ameaçando sobrecarregar o sistema de saúde.

A polícia de Toronto reuniu 16 equipes dedicadas para fazer cumprir as regras de permanência em casa, que incluem a proibição de reuniões com pessoas fora de sua casa, exceto para pessoas que moram sozinhas, que podem se reunir com outra família.

A polícia de Toronto disse que está se concentrando principalmente em grandes eventos internos realizados em locais por aluguel de curto prazo e em bares e restaurantes fechados.

A polícia disse anteriormente que não parará pessoas ou carros aleatoriamente para perguntar por que estão fora e que as pessoas não são obrigadas a explicar por que estão fora de casa.

No entanto, os policiais podem entrar em uma propriedade se tiverem motivos razoáveis ​​e prováveis ​​para acreditar que há um descumprimento das regras, como reclamações sobre a realização de uma grande festa.

Os participantes de reuniões ilegais podem enfrentar multas de $750, enquanto os organizadores podem enfrentar multas de até $10.000.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.1%
4.3%
8.6%