MENU

27/05/2021 às 08h55min - Atualizada em 27/05/2021 às 08h55min

Milhares fogem de cidade do Congo após alerta de erupção vulcânica

Autoridades avisaram que erupção pode ocorrer a qualquer momento

Redação North News
Reuters
Foto: Reuters
Milhares de pessoas se apressaram para fugir da cidade congolesa de Goma nesta quinta-feira (27), algumas percorrendo locais assolados pela lava, depois que autoridades disseram que uma segunda erupção vulcânica poderia acontecer a qualquer momento.

O magma, a rocha derretida que normalmente fica debaixo da crosta terrestre, foi detectado abaixo da cidade e do Lago Kivu, disse Constant Ndima Kongba, governador militar da província de Kivu do Norte, citando dados sísmicos e de deformação do solo.

"Considerando essas observações científicas, uma erupção na terra ou sob o lago não pode ser descartada no momento, e poderia ocorrer com pouco ou nenhum aviso", afirmou.

Trinta e uma pessoas morreram na noite de sábado (22), quando o Monte Nyiragongo, um dos vulcões mais ativos do mundo, lançou uma parede de lava alaranjada colina abaixo na direção da cidade, destruindo 17 vilarejos pelo caminho.

A lava parou a 300 metros do aeroporto de Goma, o principal polo de operações de ajuda do leste da República Democrática do Congo. A maior parte da cidade foi poupada, mas centenas de terremotos ocorridos desde então destruíram edifícios e abriram fendas na terra.

Especialistas em vulcões de Goma alertaram hoje, mais cedo, que, na pior das situações, uma erupção vulcânica sob o lago, acompanhada por um grande terremoto, poderia desencadear uma liberação súbita de dióxido de carbono do fundo do lago, o que poderia asfixiar milhares de pessoas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.2%
8.3%