MENU

08/06/2021 às 12h09min - Atualizada em 08/06/2021 às 12h09min

Governo dos EUA investiga possíveis origens do vírus do Covid-19

Ainda não se sabe se o vírus surgiu em laboratório ou por contato humano com animais infectados

Redação North News
Toronto Sun
GAZETA DO POVO

Um relatório sobre as origens do COVID-19 por um laboratório nacional do governo dos EUA concluiu que a hipótese de um vazamento de vírus de um laboratório chinês em Wuhan é plausível e merece uma investigação mais aprofundada, afirmou o Wall Street Journal na segunda-feira, citando pessoas familiarizadas com o documento.

 

O estudo foi preparado em maio de 2020 pelo Lawrence Livermore National Laboratory na Califórnia e foi referido pelo Departamento de Estado quando conduziu uma investigação sobre as origens da pandemia durante os meses finais do governo Trump, de acordo com relatório do Wall Street Journal.

 

A avaliação de Lawrence Livermore baseou-se em uma análise genômica do vírus COVID-19, disse o jornal. O laboratório se recusou a comentar sobre o relatório do WSJ.

 

O presidente Joe Biden disse no mês passado que ordenou que assessores encontrassem respostas para a origem do vírus.

 

As agências de inteligência dos EUA estão considerando dois cenários prováveis ​​- que o vírus resultou de um acidente de laboratório ou que surgiu do contato humano com um animal infectado - mas não chegaram a uma conclusão, disse Biden.

 

Um relatório de inteligência dos EUA ainda confidencial que circulou durante a administração do ex-presidente Donald Trump alegou que três pesquisadores do Wuhan Institute of Virology da China ficaram tão doentes em novembro de 2019 que procuraram atendimento hospitalar, segundo fontes do governo dos EUA.

 

As autoridades americanas acusam a China de não ser transparente sobre as origens do vírus, uma acusação que Pequim nega.

 

Separadamente, Mike Ryan, um alto funcionário da Organização Mundial de Saúde, disse na segunda-feira que a OMS não pode obrigar a China a divulgar mais dados sobre as origens do COVID-19, ao mesmo tempo em que acrescentou que vai propor os estudos necessários para levar a compreensão de onde o vírus surgiu para o “próximo nível”.

 

No início deste mês, o especialista em doenças infecciosas dos EUA, Dr. Anthony Fauci, pediu à China que liberasse os registros médicos de nove pessoas cujas doenças podem fornecer pistas vitais para saber se o COVID-19 surgiu pela primeira vez como resultado de um vazamento de laboratório.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%