MENU

21/01/2021 às 11h00min - Atualizada em 21/01/2021 às 11h00min

Incêndio atinge fábrica de vacinas Covid-19 responsável por doses destinadas ao Brasil

Pelo menos cinco pessoas morreram no incidente

Redação North News
Foto: Rafiq Maqbool/Associated Press
 
Um incêndio atingiu o Instituto Serum, maior fabricante mundial de vacinas, em Pune, na Índia, nessa quinta-feira.

A imprensa indiana afirma que a produção de vacinas contra a Covid-19 não foi afetada. Pelo menos cinco pessoas morreram no incidente.

O instituto é responsável pelas 2 milhões de doses do imunizante da AstraZeneca/Universidade de Oxford adquiridas pelo Brasil, que estão no centro de um imbróglio diplomático.

Canais de televisão indianos exibiram imagens de uma enorme nuvem de fumaça cinza sobre as instalações do Serum, em Pune, no Oeste da Índia, onde milhões de doses da vacina desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo produzidas atualmente.

Pelo Twitter, o CEO do Instituto Serum, Adar Poonawalla, inicialmente afirmou que não houve vítimas fatais.

"Até agora, o mais importante é que não houve perda de vidas ou grandes ferimentos devido ao incêndio, apesar de alguns andares terem sido destruídos".

No entanto, Poonawalla recuou e afirmou na mesma rede social que mortes foram confirmadas.

Segundo o jornal Times of India, cinco pessoas morreram no incêndio. Citando o prefeito de Pune, a publicação especula que as vítimas sejam trabalhadores da construção civil.

Poonawalla também afirmou que o instituto tem vários prédios que abrigam a produção de vacinas para lidar com contingências. A unidade atingida produzia imunizantes contra rotavírus.

O Serum está produzindo cerca de 50 milhões de doses da vacina desenvolvida pela AstraZeneca/Oxford por mês em outras instalações do complexo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%