MENU

25/06/2021 às 00h57min - Atualizada em 25/06/2021 às 00h57min

O céu está azul, branco e vermelho! O Canadiens voltou à final da Stanley Cup!

Após 28 anos sem participar de uma final, Montreal Canadiens fecha série por 4-2 e espera adversário

Leandro Mendonça
PHOTO DAVID BOILY, LA PRESSE

Na noite de 25 de junho de 2021, o Montreal Canadiens venceu o Vegas Golden Knights, por 3 a 2, no Centre Bell e voltou às finais da Stanley Cup, após 28 anos. O gol de Lehkonen, aos 1:39 da prorrogação deu fim aos chamados “Fantasmas do Centre Bell”. Com o resultado, a equipe tricolor encerrou a série contra os americanos, em 4-2.

As ruas estavam lotadas e mais de 21 mil pessoas lotavam as arquibancadas do Centre Bell. A Arena parecia ferver de tanta expectativa, pois a vitória colocaria fim ao ‘jejum’ de nunca ter conquistado um título naquele rink. Mas o time de Nevada começou melhor e pressionou o Canadiens nos dois primeiros minutos. Após um Power Play a seu favor, a equipe de Montreal conseguiu estabilizar o puck e equilibrou o jogo.

Quando a partida estava chegando aos seis minutos, Shea Weber aproveitou um turnover do time rival, arriscou de longe e abriu o marcador para os donos da casa. Alegria de pobre dura pouco e os americanos empataram 48 segundos depois, encerrando o primeiro tempo em 1 a 1.

No segundo período, os goleiros Lehner e Price travaram um duelo particular. O canadense fazia seus milagres enquanto o defensor americano mostrou que merece a vaga de titular. Alto nível entre as balizas. Só que o jovem Caufield furou a muralha de Nevada e colocou o Habs na frente, aos 9:36.

Na volta para o terceiro período, o Vegas precisava partir para cima. E não demorou muito para empatar o jogo com Martinez, que cometeu o erro no primeiro gol canadense, mas se redimiu aos 1:08 da última etapa. E depois disso, o Golden Knights continuou sua pressão, empurrando a defesa do Habs cada vez mais para trás. Só que Carey Price estava iluminado e deixou claro que não iria haver mais gols contra sua equipe naquele rink.

Com a partida empatada, só restava o overtime. Assim como venceu o Maple Leafs e o Jets, a próxima vítima seria o Golden Knights. E como sempre, os americanos começaram em cima, obrigando Price a fazer novos milagres. Quando o torcedor tricolor começou a sentir um frio na barriga, Gallagher passou o puck para Danault que deixou Lehkonen livre para finalizar e encerrar um jejum histórico.

Finalmente a maldição do Centre Bell foi quebrada e os fantasmas vão poder dormir em paz. O Canadiens pintou o céu de azul, branco e vermelho e com certeza Montreal vai ter um dia de festas em meio a pandemia.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%