MENU

03/07/2021 às 11h02min - Atualizada em 03/07/2021 às 11h02min

Suspeito é acusado de assassinato em primeiro grau na morte de oficial de Toronto

O oficial Jeffrey Northrup foi atropelado enquanto trabalhava

Redação North News
680 News
52 Division

A polícia de Toronto acusou um homem em conexão com a morte de Const. Jeffrey Northrup, que foi atingido e morto por um veículo na garagem subterrânea da Prefeitura na manhã desta sexta-feira.

 

A polícia diz que Umar Zameer, 31, enfrenta uma única acusação de assassinato em primeiro grau.

 

Ele está sob prisão preventiva e deve comparecer ao tribunal no próximo dia 23 de julho de 2021.

 

A polícia disse que a proibição de publicação os impede de divulgar mais detalhes, mas disse que não há suspeitos pendentes.

 

O chefe de polícia James Ramer disse que o suspeito estava inicialmente fora do veículo quando os dois policiais o abordaram.

 

“Nossa informação preliminar é que ele (Northrup) e sua parceira estavam conduzindo uma investigação em resposta a uma chamada prioritária no estacionamento subterrâneo... Northrup foi atropelado por um veículo. Acreditamos que este foi um ato intencional e deliberado”, disse ele.

 

Ramer disse que os policiais estavam à paisana, mas eles usavam uma “corrente com sua identificação na frente deles e estavam trabalhando como parte dos eventos de 1º de julho no centro da cidade”.

 

Const. Northrup foi levado às pressas para o hospital, onde foi declarado morto.

 

“Nossos corações estão muito pesados ​​esta manhã”, disse o prefeito John Tory, expressando suas condolências à sua família, amigos e à comunidade policial.

 

Mais tarde, em um tweet, ele disse que as bandeiras em locais da cidade de Toronto serão hasteadas a meio mastro até novo aviso para homenagear o oficial caído.

 

“Minhas mais profundas condolências à esposa, aos três filhos e a todo o Serviço de Polícia de Toronto. Estamos com vocês de luto por esta perda devastadora”, disse o premier Doug Ford em um tweet.

 

Ramer disse que Northrup serviu na polícia por 31 anos e meio.

 

“Ele começou sua carreira com serviços judiciais e foi designado para a 11ª Divisão quando se tornou policial em 1999. Ele é membro da 52ª Divisão desde 2008”, disse ele.

 

“Ele deve ser lembrado como um policial excepcional ... ele também tinha muito orgulho do trabalho que fazia ... ele era simplesmente cheio de personalidade e amado por todos.”

 

Northrup foi o primeiro policial de Toronto a morrer no cumprimento do dever desde Const. John Zivcic em 2013.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.4%
5.2%
8.4%