MENU

11/01/2021 às 19h00min - Atualizada em 11/01/2021 às 19h00min

MUNDO Melania Trump se diz “decepcionada e desanimada” com a violência ocorrida no Capitólio

Beatriz Kina
Foto: Chip Somodevilla
 
Em um primeiro pronunciamento desde a invasão ao Capitólio, edifício sede do Congresso dos Estados Unidos, há cinco dias, a primeira-dama Melania Trump se disse “decepcionada e desanimada” com o ocorrido. 

“Acho vergonhoso que em torno desses eventos trágicos tenha havido fofoca lasciva, ataques pessoais injustificados e falsas acusações enganosas sobre mim”, acrescentou no texto logo depois. 

Melania afirmou que condena “absolutamente” a violência ocorrida na última quarta-feira (6). “A violência nunca é aceitável.”

Ela ainda complementou o texto dizendo ter orgulho da liberdade de poder expressar pontos de vista sem perseguição. “É inspirador ver que muitos encontraram paixão e entusiasmo ao participar de uma eleição, mas não devemos permitir que essa paixão se transforme em violência.”

O texto não foi apenas dedicado para condenar a violência ocorrida na invasão. A primeira-dama também lamentou as mortes, as dificuldades econômicas e os impactos negativos do isolamento devido a pandemia da covid-19. “Como eu disse durante o verão, são nesses momentos decisivos que olharemos para trás e contaremos aos nossos netos que, por meio de empatia, força e determinação, fomos capazes de restaurar a promessa de nosso futuro.”

Melania finaliza o texto agradecendo aos americanos que apoiaram o marido, Donald Trump, e ela durante os últimos quatro anos. “Foi a maior honra da minha vida servir como sua primeira-dama.”

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%