MENU

22/01/2021 às 08h30min - Atualizada em 22/01/2021 às 08h30min

CANADÁ Acusada de assédio, governadora-geral do Canadá se demite

'Sinto muito', disse Julie Payette

Redação North News com informações do CTV News
Foto: Adrian Wyld/The Canadian Press
 
A governadora General do Canadá, Julie Payette, renunciou ao cargo após relatos de uma investigação de assédio no local de trabalho.

“Todos têm direito a um ambiente de trabalho saudável e seguro, em todos os momentos e em todas as circunstâncias. Parece que nem sempre foi o caso no Gabinete do Secretário do Governador Geral. Surgiram tensões em Rideau Hall nos últimos meses e, por isso, sinto muito”, disse Payette em um comunicado nessa quinta-feira.

A renúncia de Payette veio horas depois de a CTV News divulgar uma revisão independente sobre as alegações de assédio no local de trabalho contra ela, com detalhes ‘prejudiciais’.

“Embora nenhuma reclamação formal ou queixa oficial tenha sido feita durante minha gestão, o que teria imediatamente desencadeado uma investigação detalhada conforme prescrito pela lei e pelos acordos coletivos em vigor, ainda levo essas alegações muito a sério”, disse Payette.

Segundo Payette, sua demissão chega em um “momento oportuno”, pois a saúde de seu pai está piorando.

OPORTUNIDADE Em um comunicado, o primeiro-ministro Justin Trudeau disse que o anúncio oferece uma oportunidade para uma nova liderança abordar as preocupações com o local de trabalho no Rideau Hall levantadas pelos funcionários.


“Todos os funcionários do Governo do Canadá têm o direito de trabalhar em um ambiente seguro e saudável e sempre levaremos isso muito a sério”, escreveu Trudeau no comunicado.

O presidente da Suprema Corte do Canadá, Richard Wagner, servirá como governador geral interinamente.

Payette tomou posse como governador-geral em 2017, após uma carreira como astronauta e cientista. Anteriormente, ela atuou como diretora de operações do Centro de Ciências de Montreal e também fez parte do conselho de diretores do Banco Nacional do Canadá.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%