MENU

22/07/2021 às 09h44min - Atualizada em 22/07/2021 às 09h44min

Protesto contra a dissolução de acampamento de jovens sem-teto em Toronto tornou-se violento

Prisões foram efetuadas no local e a polícia afirma que pelo menos um agente foi ferido durante a operação, não se sabe se houve feridos entre os manifestantes

Redação North News
Narcity
City News/Bert Dandy

As coisas deram uma guinada feia na cidade nesta quarta-feira (21), depois que a polícia de Toronto e os manifestantes entraram em confronto em um acampamento de sem-teto fora do Estádio Lamport.

 

Os dois grupos lutaram violentamente enquanto a cidade de Toronto tentava impor avisos de invasão emitidos para indivíduos no local, onde mais de 30 estruturas improvisadas haviam sido instaladas.

 

De acordo com a CBC, mais de 22 pessoas foram presas pela polícia durante o protesto.

 

Imagens das prisões resultantes, algumas das quais pareciam envolver policiais atacando e arrastando indivíduos, começaram a pipocar ​​no Twitter na tarde desta quarta-feira, causando reação.

 

Os Serviços de Polícia de Toronto relataram que pelo menos um policial foi ferido após ser pulverizado com "uma substância desconhecida" durante a limpeza do acampamento.

 

A cidade divulgou um comunicado em 21 de julho explicando a decisão de retirar a população de rua do local.

 

“Todos os indivíduos que vivenciam a situação de rua neste acampamento, estimados entre 14 e 17 anos, estão recebendo espaço seguro e interno, com acesso a refeições, chuveiros e lavanderia, redução de danos, apoio de saúde física e mental e um trabalhador habitacional”, afirma a declaração.

 

"Os ocupantes terão tempo para embalar dois sacos de pertences para levar com eles. Todos os outros pertences serão recolhidos e armazenados por até 30 dias para coleta futura."
 

É possível ver parte do desmanche do local neste vídeo postado no canal do YouTube do jornal CityNews



Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.4%
5.2%
8.4%