MENU

25/07/2021 às 09h56min - Atualizada em 25/07/2021 às 09h56min

Canadá ganha a primeira medalha depois de nadar até a prata no revezamento 4x100 do estilo livre feminino

Canadenses ficaram atrás das australianas, por poucos segundos de diferença

Redação North News
CP24
THE CANADIAN PRESS/Frank Gunn

TÓQUIO - O Canadá conquistou sua primeira medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, depois que a equipe de revezamento 4x100 de estilo livre feminino correu para a prata.

 

Penny Oleksiak e Kayla Sanchez de Toronto, Margaret Mac Neil de London, Ontário, e Rebecca Smith de Red Deer, Alberta, terminaram em um tempo de 03:32,78 minutos com o Canadá conquistando uma medalha no evento pela segunda vez consecutiva .

 

A Austrália conquistou o ouro em um tempo recorde mundial de 3: 29,69, enquanto os Estados Unidos terminaram em terceiro com 3: 32,81.

 

Oleksiak, que estava na rabeira do time, venceu por pouco a americana Simone Manuel no fim.

 

As canadenses buscam repetir o sucesso que tiveram na piscina nos Jogos Rio 2016, onde conquistaram seis medalhas.

 

No início do domingo, Mac Neil também avançou para a final dos 100 metros borboleta na manhã de segunda-feira, 26. A campeã mundial de 21 anos assinou o sexto tempo mais rápido nas semifinais.

 

Uma hora depois de se classificar para a final borboleta, Mac Neil empatou no revezamento para Taylor Ruck, que nadou a bateria para o Canadá. As mulheres marcaram o terceiro tempo mais rápido nas preliminares.

 

Sanchez liderou a final seguido por Mac Neil e Smith com Oleksiak trazendo a equipe para casa.

 

Oleksiak e Ruck ganharam duas medalhas de bronze no revezamento de estilo livre quando eram garotos de 16 anos no Rio de Janeiro, cinco anos atrás.

 

Elas se juntaram a Sandrine Mainville e Chantal Van Landeghem no 4 x 100 para ganhar a primeira medalha do Canadá nos Jogos Olímpicos de 2016.

 

As mulheres canadenses buscam o pódio nos três revezamentos em Tóquio, depois de ganhar três medalhas de bronze no campeonato mundial em Gwangju, na Coreia do Sul, há dois anos.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%