MENU

29/07/2021 às 12h38min - Atualizada em 29/07/2021 às 12h38min

AstraZeneca busca a aprovação dos EUA para a vacina COVID

700 milhões de doses foram entregues a mais de 170 países, diz a empresa.

CBC News
https://www.cbc.ca/news/world/astrazeneca-covid-usa-1.6122109
Imagem de Chris Ratcliffe/Bloomberg/Getty Images

A AstraZeneca disse ontem que pretende buscar a autorização dos EUA para sua vacina COVID-19 no segundo semestre deste ano, oferecendo um novo calendário para a aplicação muito atrasada.

 

A farmacêutica anglo-sueca anunciou o cronograma ao divulgar os resultados financeiros do segundo trimestre, que mostraram que a empresa e seus sublicenciados entregaram mais de 700 milhões de doses da vacina a mais de 170 países no primeiro semestre deste ano. Isso inclui 80 milhões de doses que foram para a iniciativa COVAX para países de baixa e média renda.

 

A vacina foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Oxford, que licenciaram a tecnologia para a AstraZeneca em um esforço para explorar a capacidade global de fabricação e distribuição da empresa. A AstraZeneca, por sua vez, autoriza outras empresas a produzirem as fotos ao redor do mundo.

 

As notícias sobre o processo nos EUA estão sendo observadas de perto, pois o prazo caiu.

 

Quando a AstraZeneca divulgou os dados de seu teste da vacina nos EUA em 22 de março, funcionários da empresa disseram que esperavam obter autorização da Food and Drug Administration na primeira quinzena de abril. Em abril, a empresa disse que esperava enviar uma inscrição nos EUA nas "próximas semanas".

 

Canadá, Reino Unido, União Europeia e Organização Mundial da Saúde já autorizaram o uso da vacina AstraZeneca.

 

A AstraZeneca registrou receita no primeiro semestre de US $1,17 bilhão com as entregas de 319 milhões de doses da vacina fornecidas diretamente pela empresa. A AstraZeneca se comprometeu a fornecer a vacina sem fins lucrativos enquanto durar a pandemia.

 

Apesar das reclamações da UE sobre o fornecimento de vacinas, o bloco de 27 países recebeu mais doses diretamente da AstraZeneca do que qualquer outra entidade no primeiro semestre do ano. A empresa embarcou 97 milhões de doses para a UE, enquanto o Brasil recebeu 65 milhões e o Reino Unido, 52 milhões.

 

AstraZeneca disse. A Gavi, alliance que garante vacinas para países de baixa renda, recebeu 49 milhões de doses e outras 57 milhões foram para outros países.

 

Sub Licenciados, incluindo o Serum Institute of India, forneceram milhões de doses a mais, elevando as entregas globais para mais de 700 milhões.

 


Coautoria: Viktória Matos
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%