MENU

07/01/2021 às 08h00min - Atualizada em 07/01/2021 às 08h00min

Quebec terá toque de recolher de 4 semanas e multa de até $ 6.000 para violadores

Para o primeiro-ministro, François Legault, essa é a 'batalha de nossas vidas'

Redação North News com informações do CTV News
Foto: Manny Fortin
 
A partir deste sábado, Quebec viverá sob um toque de recolher como parte dos esforços da luta contra a pandemia Covid-19.

Nessa quarta-feira, o primeiro-ministro, François Legault, anunciou uma 'terapia de choque' com várias novas medidas de lockdown, que vão durar quatro semanas, até 8 de fevereiro.

Entre as medidas está um toque de recolher que exigirá que os quebequenses estejam em suas casas das 20h às 5h, sob o risco de uma multa de até $ 6.000.

O toque de recolher se aplicará a toda a província, exceto à região administrativa de Nord-du-Quebec.

Legault ressaltou que, exceto para ir trabalhar, não haverá desculpas para violar o toque de recolher. Supermercados da província fecharão às 19h30 todos os dias para permitir que os clientes voltem para casa.

Farmácias e postos de gasolina serão autorizados a permanecer abertos durante o horário de toque de recolher.

Medidas que já existiam, como o fechamento de refeitórios de restaurantes, também permanecerão por quatro semanas.

SITUAÇÃO DE RUA O primeiro-ministro espera ainda que a população em situação de rua de Quebec cumpra o toque de recolher, dizendo acreditar que há espaço suficiente nos abrigos da província.

Os responsáveis pelos abrigos, no entanto, dizem que seus recursos e serviços estão em um ponto crítico, já que a Covid-19 se espalhou entre os 'sem-teto'.

ESCOLAS Legault anunciou que, embora a província tenha visto uma série de surtos Covid-19 originados nas escolas da província, as escolas primárias serão reabertas como planejado em 11 de janeiro.

As alunos da quinta e sexta séries serão obrigados a usar máscaras em sala de aula. As escolas secundárias, no entanto, não serão retomadas pessoalmente até 18 de janeiro.

CULTOS O primeiro-ministro adiantou que as casas de culto, que estão autorizadas a funcionar com capacidade para 25 pessoas, ficarão totalmente encerradas durante quatro semanas, com excepção dos funerais, em que a assistência será limitada a 10 pessoas.

LOCKDOWN Em 14 de dezembro, Legault já havia anunciado um bloqueio de 18 dias durante o feriado de Natal, chamando-o de um 'disjuntor' que permitiria à província tempo para se reagrupar.

O anúncio do toque de recolher e demais medidas de bloqueio ocorre em um momento em que o número de novos casos diários e mortes continua crescendo na província. O número de mortes causadas pela Covid-19 em Quebec atualmente é de 8.488. Já o total de infectados é de 217.999.

BATALHA Durante o anúncio das novas medidas, Legault admitiu que a província está em uma situação "crítica", que é "a batalha de nossas vidas", disse o primeiro-ministro.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.3%
4.2%
8.5%