MENU

09/08/2021 às 19h27min - Atualizada em 09/08/2021 às 19h27min

Perigo de incêndio florestal diminuído devido à chuva em B.C., mas o alívio não durará, alertam as autoridades

Cerca de seis mil residências foram evacuadas em B.C. em decorrência dos incêndios

Redação North News
CTV News
Jason Franson / THE CANADIAN PRESS

VANCOUVER - O mapa de perigo de incêndio florestal da Colúmbia Britânica mostra um risco de incêndio baixo a moderado em grande parte da província após um fim de semana chuvoso, mas o risco extremo deve recomeçar rapidamente quando outro período de calor chegar.

 

O Ministério das Florestas diz que cerca de 270 incêndios florestais estão queimando atualmente, a maioria no sul do Interior, com oito ocorridos nos últimos dois dias.

 

Um dos mais preocupantes continua sendo o incêndio no Lago White Rock entre Kamloops e o Lago Okanagan, que queimou quase 560 quilômetros quadrados, destruiu propriedades a leste de Kamloops e expulsou milhares de suas casas.

 

Está havendo incêndio em uma das duas regiões de B.C. ainda classificada como de alto a extremo risco de incêndios florestais, mas um fim de semana úmido reduziu a chance de brasas voando pelo Lago Okanagan, permitindo que Vernon suspendesse seu alerta de evacuação - embora ordens ou alertas de três distritos regionais, duas comunidades e duas Primeiras Nações ainda permaneçam.

 

O prefeito de Chase, uma vila ameaçada pelo flanco norte do incêndio, disse em um comunicado que ventos fortes são esperados na região hoje (09), enquanto um porta-voz do serviço de incêndios florestais diz que a previsão de tempo quente para o final desta semana pode significar o retorno da atividade agressiva dos incêndios.

 

A província diz que cerca de 6.600 propriedades continuam sob ordem de evacuação em toda B.C., enquanto os residentes de mais de 32.000 propriedades devem estar prontos para partir em um curto espaço de tempo.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%