MENU

25/08/2021 às 11h32min - Atualizada em 25/08/2021 às 11h32min

Peel anuncia novas medidas de saúde pública em meio ao recente aumento de casos de COVID-19

O aumento de casos e a quarta onda são uma preocupação para os médicos e pesquisadores

Redação North News
CP24

O Peel Public Health começará a divulgar publicamente a localização de grandes eventos que se acredita terem sido a fonte de vários casos de COVID-19 em meio a um recente aumento de infecções rastreadas até reuniões sociais.

 

O Oficial Médico de Saúde de Peel, Dr. Lawrence Loh, fez o anúncio durante uma reunião na Câmara Municipal de Brampton na manhã desta quarta-feira, 25.

 

Ele disse que a partir desta semana, a Peel Public Health divulgará o local de quaisquer eventos com a presença de mais de 100 pessoas, onde dois ou mais casos de COVID-19 poderiam ter sido razoavelmente contraídos.

 

Ele disse que os locais também agora serão obrigados a fornecer uma lista completa dos participantes do evento para a Saúde Pública de Peel dentro de 24 horas após a declaração de um surto para auxiliar nos esforços de rastreamento de contratos.

 

Loh disse que as novas políticas são em resposta a um "aumento significativo em grandes exposições ao COVID em eventos sociais como casamentos, funerais, eventos esportivos e outros eventos organizados."

 

Cerca de 16% dos casos de COVID-19 em Peel na última semana foram rastreados até reuniões sociais.

 

“Isso é para reduzir o risco para o público, aconselhando os contatos de maneira rápida”, disse Loh sobre as novas políticas.

 

A taxa de positividade chega a 4% em Brampton.

 

A contagem de casos de COVID-19 tem aumentado em Ontário em meio a uma quarta onda da pandemia provocada pelo Delta, mas o aumento na transmissão foi particularmente pronunciado em Brampton, onde Loh disse que a taxa de positividade do teste na última semana foi de 4,1%.

 

Isso é comparado a uma média de sete dias de 2,7% de positividade do teste em Ontário.

 

Loh disse que embora as altas taxas de vacinação de Brampton tenham limitado as hospitalizações, "as admissões estão aumentando novamente".

 

Por isso, disse que volta a aconselhar os residentes a tomarem precauções ao sair em público, mesmo que tenham sido vacinados.

 

“Sabemos que, em certos casos, os indivíduos vacinados podem transmitir a infecção, o que significa que as vacinas por si só não são suficientes e, à medida que a transmissão começa a aumentar novamente, devemos reduzir o risco limitando os contatos sempre que possível e seguindo precauções como mascaramento e distanciamento, obtendo testes e ficando em casa se estiver doente e, sempre que possível, conectando-se novamente virtualmente para trabalho e lazer”, disse ele. “Eu sei que muitas pessoas se cansaram de todos esses cuidados, especialmente se tivermos feito a coisa certa e recebido duas doses da vacina, mas a realidade é que 250.000 residentes ainda não receberam a primeira dose.”


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%