MENU

06/09/2021 às 12h05min - Atualizada em 06/09/2021 às 12h05min

'Smile Boxes' cheias de brinquedos dão conforto às crianças afegãs que se reassentam em Toronto

Transição entre países pode ser traumática, principalmente entre os mais jovens

Redação North News
CTV News
Ashlynn Fisher

Dois amigos estão fazendo sua parte para suavizar a transição para o Canadá para dezenas de famílias afegãs que chegam.

 

Ashlynn Fisher e Faryal Anwari têm preparado cestas de presentes, as "Smile Boxes" - ou “Caixas de Sorriso” - para crianças que chegaram recentemente do Afeganistão ao Canadá.

 

“Decidimos que queríamos fazer algo para que se sentissem bem-vindas”, disse Fisher ao CTV News Channel no sábado, 04.

 

Muitas famílias recém-chegadas estão no meio de sua estadia de quarentena obrigatória de duas semanas no hotel. Esta semana, Fisher e outros doarão 123 caixas para crianças afegãs que estão na área da Grande Toronto.

 

“As caixas de sorriso foram criadas para mantê-las ocupadas e trazer alguma felicidade”, disse Fisher.

 

Além dos brinquedos, muitas das caixas contêm artesanato, equipamentos esportivos, giz de cera, livros para colorir e adesivos. Fisher disse que, para algumas das crianças mais velhas que estão entrando na escola, as cestas de presentes também incluirão material escolar.

 

Para ajudar a financiar mais doações para mais crianças, os organizadores estão pedindo às pessoas que doem por meio de sua página GoFundMe e da página afiliada “Welcome to Canada Project for Afghans” no Facebook.


CO-FUNDADORA DESEJAVA QUE TIVESSEM “CAIXAS DE SORRISO” QUANDO CRIANÇA

 

Anwari, a outra co-fundadora da “Smile Boxes”, mudou-se do Afeganistão para o Canadá quando era criança.

 

“Faryal compartilhou comigo que quando ela deixou o Afeganistão, não havia muito apoio para eles e como ela gostaria de ter recebido algo assim”, disse Fisher.

 

“Isso realmente a teria ajudado a se sentir segura, se sentir bem-vinda e a teria ajudado nessa transição”, disse Fisher, cujo marido também fugiu da turbulência no Afeganistão anos atrás.

 

Nos últimos dias, Fisher e Anwari já doaram algumas caixas de presente. Para respeitar a privacidade das famílias, eles não se encontraram pessoalmente com nenhum dos destinatários.

 

A Fundação Salaam, uma organização sem fins lucrativos, tem atuado como intermediária para eles e transmitido as reações das famílias.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%