MENU

12/10/2021 às 12h28min - Atualizada em 12/10/2021 às 12h28min

O prazo de vacinação chega para as equipes de cuidados de longo prazo e casas de idosos

Funcionários devem estar totalmente vacinados até o dia de hoje ou serão obrigados a entrar em uma licença

Redação North News
680 News
THE CANADIAN PRESS/Frank Gunn

O prazo final chegou para que os funcionários de uma série de instituições privadas de assistência a longo prazo e lares de idosos no Canadá sejam totalmente vacinados.

 

A coalizão de residências privadas, operada pela Chartwell, Extendicare, Responsive Group, Revera e Sienna, anunciou em agosto que a vacinação contra COVID-19 seria obrigatória para funcionários em todo o país.

 

Qualquer funcionário que não esteja totalmente vacinado até o prazo final de 12 de outubro terá uma licença sem vencimento. A vacinação completa também é exigida para todos os novos contratados, alunos e funcionários de agência, em cada organização.

 

O grupo diz que não espera que a nova política afete os níveis de pessoal.

 

“A segurança dos nossos residentes em lares de longa permanência e lares de idosos, que confiam em nós para fornecer os cuidados e serviços de que precisam, é primordial”, disse o grupo no comunicado. “Essa política aumentará seu nível de segurança e melhorará a qualidade de vida dos residentes, reduzindo a necessidade de isolamento e a interrupção das atividades diárias que resultam de restrições a surtos”.

 

O governo de Ontário anunciou que vai exigir vacinas contra o COVID-19 para trabalhadores de cuidados de longa duração. Funcionários que não foram vacinados ou dispensados ​​até 15 de novembro não poderão mais entrar em uma casa de cuidados de longa duração para trabalhar.

 

Anteriormente, os trabalhadores de cuidados de longa duração de Ontário eram obrigados a revelar seu estado de vacinação e aqueles que não foram vacinados por razões não médicas deveriam ser educados sobre a importância da imunização.

 

Uma pesquisa recente conduzida pelo National Institute on Aging descobriu que 67% dos entrevistados canadenses não acham que lares de longa permanência oferecem cuidados seguros e confiáveis.

 

O número chegou a 75% para pessoas que se identificaram como membros da família, amigos ou cuidadores não remunerados de residentes em cuidados de longa duração. Os resultados da pesquisa serão usados ​​para ajudar a moldar novos padrões nacionais para serviços de cuidados de longo prazo que estão sendo elaborados pela organização de padrões de saúde.

 

No ano passado, o governo Trudeau pediu à Organização de Padrões de Saúde para atualizar seus padrões de cuidados de longo prazo - o primeiro esboço deve ser tornado público no início do próximo ano.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.2%
7.6%