MENU

16/10/2021 às 14h48min - Atualizada em 16/10/2021 às 14h48min

Oficial de recursos humanos do exército sob investigação por má conduta sexual

Ele ocupava posto deixado por outro oficial que também havia sido denunciado crime

Redação North News
680 News
THE CANADIAN PRESS/Lars Hagberg

A polícia militar afirma estar investigando alegações “históricas” de má conduta sexual envolvendo mais um comandante sênior, desta vez o oficial responsável por recursos humanos nas Forças Armadas Canadenses.

 

O Serviço Nacional de Investigação das Forças Canadenses revelou a investigação envolvendo o Tenente-General Steven Whelan na noite de sexta-feira (15), cinco meses depois de ter sido nomeado Chefe do Comando do Pessoal Militar, que é responsável por tudo, desde o recrutamento até as promoções e cuidados de saúde.

 

Whelan substituiu o Vice-Almirante Haydn Edmundson, que se afastou como Chefe do Comando do Pessoal Militar em março devido a uma investigação policial após um relatório do CBC sobre suposta agressão sexual; Edmundson negou as acusações.

 

As Forças Armadas canadenses afirmam em um comunicado que o Chefe da Defesa em exercício, General Wayne Eyre, e o Ministro da Defesa, Harjit Sajjan, foram informados da alegação no início de junho e que Whelan não sabia da investigação, mas concordou em renunciar.

 

O CFNIS revelou no início desta semana que também estava investigando o novo comandante do exército canadense, o Tenente-General Trevor Cadieu por alegada má conduta sexual.

 

Cadieu nega qualquer irregularidade e disse em um comunicado aos militares que a acusação contra ele é falsa e tem a intenção de criar dúvidas sobre sua capacidade de liderar o exército.

 

Whelan disse à Canadian Press em maio que o repetido fracasso dos militares em lidar com a má conduta sexual ao longo dos anos levou ao que parece ser uma "ameaça existencial" para a instituição - e demonstra por que ela realmente precisa resolver o problema desta vez.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%