MENU

26/10/2021 às 10h44min - Atualizada em 26/10/2021 às 10h44min

Canadenses ainda relutam em distribuir doces de Halloween

O medo da pandemia se faz presente em muitos canadenses

Redação North News
City News
THE CANADIAN PRESS/Justin Tang

O Halloween retorna depois de ter sido cancelado em muitas partes do país no ano passado em meio à pandemia de COVID-19.

 

Embora a maioria dos pais canadenses diga que planejam fazer as travessuras ou gostosuras dos pequenos no domingo, uma nova pesquisa sugere que nem todos se sentem confortáveis ​​em abrir as portas.

 

O estudo de Leger e da Association for Canadian Studies descobriu que mais de 90% dos entrevistados cujos filhos saíram para comemorar o Halloween no ano passado planejam permitir que eles voltem a sair este ano.

 

Além dos que saíram no ano passado, o vice-presidente executivo da Leger, Christian Bourque, diz que alguns pais que mantiveram seus filhos em casa podem permitir que eles saiam este ano, considerando as altas taxas de vacinação agora versus a ausência de vacinas um ano atrás.

 

Apesar de uma maior disposição para fazer travessuras ou gostosuras, a pesquisa revelou que menos da metade dos canadenses (44%) afirmam que abrirão suas portas para as comemorações devido à pandemia em andamento.

 

Dos 56% que dizem que não distribuirão doces este ano, metade deles (28%) disse que normalmente distribuiria doces ou guloseimas em um ano normal.

 

Realizada de 22 a 24 de outubro, a pesquisa online entrevistou 1.512 canadenses e não pode ser atribuída uma margem de erro porque as pesquisas baseadas na Internet não são consideradas amostras aleatórias.

 

O Halloween foi essencialmente cancelado em Toronto e grande parte do GTA no ano passado devido à pandemia - mas o governo provincial divulgou diretrizes para comemorar com segurança este ano.

 

O Diretor Médico de Saúde, Dr. Kieran Moore, recomenda que as crianças fiquem fora de casa tanto quanto possível, o que significa que distribuir doces na varanda é o ideal, se possível. Ele também recomenda manter as interações breves e encorajar as crianças a seguir em frente após receber os doces.

 

Moore também recomenda que as crianças sejam criativas e considerem o uso de uma cobertura facial como parte de suas fantasias.

 

No ano passado, Ontário recomendou que as crianças nos quatro pontos quentes do COVID-19 nas regiões de Toronto, Ottawa, Peel e York evitassem sair para pedir doces.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%