MENU

12/11/2021 às 12h27min - Atualizada em 12/11/2021 às 12h27min

Membro da equipe de escola em Toronto acusado de suposta agressão sexual contra menina de 9

Bruce Treliving, 61 anos, está sendo acursado de abuso sexual e interferência sexual

Redação North News
CP2
Handout /Toronto police

A polícia apresentou acusações contra um membro da equipe de uma escola católica de Toronto em conexão com a alegada agressão sexual de uma menina de nove anos.

 

De acordo com a polícia, uma menina que frequentava a Escola Católica Nossa Senhora da Graça em Agincourt foi abusada sexualmente várias vezes entre janeiro de 2015 e junho de 2017.

 

Membros da Unidade de Crimes Sexuais do Child & Youth Advocacy Center lançaram uma investigação em outubro.

 

Em 8 de novembro, os policiais prenderam Bruce Treliving, de Toronto, 61 anos, e o acusaram de agressão sexual e interferência sexual.

 

Ele deve comparecer ao tribunal em 22 de dezembro.

 

O acusado trabalha como zelador no Conselho Escolar do Distrito Católico de Toronto desde 2000, disse a polícia.

 

Em uma declaração ao CP24.com, o conselho disse que “a segurança e o bem-estar dos alunos são profundamente importantes” para o conselho escolar.

 

“O Conselho continua a cooperar com o Serviço de Polícia de Toronto (TPS) durante esta investigação em andamento'', diz o comunicado. “O TCDSB também está ativamente entrando em contato com os alunos e suas famílias na escola afetada para oferecer qualquer apoio ou assistência necessária. Como esta investigação está em andamento, não podemos comentar mais sobre este assunto por enquanto.”

 

A polícia também divulgou uma foto do acusado e disse estar preocupada que possa haver mais vítimas.

 

Os investigadores estão pedindo a qualquer pessoa com mais informações para contatá-los ou ligar para a Crime Stoppers anonimamente.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%