MENU

18/11/2021 às 13h22min - Atualizada em 18/11/2021 às 13h22min

Toronto descarta reservas online para patinação de lazer

O prefeito acredita que, com os níveis de vacinação altos, não é necessário o distanciamento social nos rinques de patinação

Redação North News
City News
City of Toronto

Mais um sinal de que as coisas estão voltando ao normal - começando já no sábado (20), você não terá que lutar para reservar um momento de patinação em família em Toronto.

 

No ano passado, os tempos de pista foram preenchidos rapidamente, deixando muitas crianças decepcionadas.

 

“Tínhamos que fazer isso como um meio de tentar - você sabe - controlar o número de pessoas que estavam no gelo ao mesmo tempo por causa de preocupações com o distanciamento social. Este ano, achamos que as coisas estão bem - desde que as pessoas continuem sendo vacinadas e usem o bom senso quando estiverem patinando”, disse o prefeito John Tory.

 

A maioria dos rinques ao ar livre está programada para abrir em 27 de novembro, com alguns abrindo uma semana depois, em 4 de dezembro.

 

De acordo com o site da cidade de Toronto, as máscaras não serão necessárias enquanto estiver no gelo.

 

Enquanto isso, as reservas online também não serão mais necessárias para academias de ginástica, salas de musculação, playgrounds internos ou natação recreativa drop-in, a partir de 29 de novembro.

 

Autoridades municipais dizem que a medida está de acordo com a decisão do governo provincial de suspender as restrições de capacidade em muitas instalações esportivas e recreativas.

 

“Este é mais um sinal do progresso que estamos fazendo no combate à pandemia e ajudando os residentes a se vacinarem”, disse Tory.

 

“Os torontonianos estão prontos para voltar a fazer o que amam, e essas mudanças tornarão mais fácil para as pessoas fazerem exatamente isso... Esses programas são divertidos, acessíveis, localizados em nossos bairros, e estou satisfeito em ver o progresso de nossa cidade na vacinação, correlacionando-se diretamente com a abertura de mais serviços.”


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
5.1%
7.3%