MENU

26/11/2021 às 11h17min - Atualizada em 26/11/2021 às 11h17min

A Black Friday está com um impacto menor do que nos anos passados

Parte disso se deve às preocupações com a falta de suprimentos no mercado

Redação North News
City News

A Black Friday chegou com menos alarde do que o normal, já que os varejistas distribuem as vendas e os consumidores fecham negócios cedo em meio a constantes preocupações com a cadeia de suprimentos.

 

As lojas vêm lançando descontos há semanas, incentivando os consumidores a comprar mais cedo para evitar uma possível escassez de produtos.

 

A situação turvou a própria Black Friday, originalmente um evento de um dia que sinalizou o início não oficial da temporada de compras natalinas.

 

Anwar White, da Escola Bensadoun de Gerenciamento de Varejo da Universidade McGill, diz que a Black Friday vem se expandindo há anos, à medida que os varejistas tentam maximizar as vendas empurrando os descontos no início do outono.

 

Mas ele diz que a pandemia acelerou essa tendência, uma vez que a incerteza e os problemas da cadeia de abastecimento empurraram os negócios ainda mais cedo.

 

No entanto, embora a Black Friday não seja tão grande quanto era antes da pandemia, White diz que os canadenses irão aos shoppings e grandes lojas hoje em busca de descontos e espírito natalino.

 

“Ainda há algo especial sobre a Black Friday e ainda há pessoas que vão realmente sair”, disse ele. “Mas não será muito impulsionado pelas vendas. Quando você faz compras na Black Friday, há uma energia incomparável e realmente passa a mensagem 'OK, agora é época de Natal.'”


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.9%
6.9%