MENU

03/12/2021 às 17h20min - Atualizada em 03/12/2021 às 17h20min

Canadá compra 1,5 milhão de pílulas de medicamentos antivirais orais para combater COVID-19

Pílulas são das farmacêuticas Pfizer e Merck

Redação North News
City News
Merck & Co. via AP, File

O Canadá está comprando até 1,5 milhão de pílulas de tratamentos antivirais orais para COVID-19 antes de serem aprovadas pela Health Canada.

 

O governo assinou um contrato inicial de um milhão de pílulas de tratamento antiviral da Pfizer, uma vez que a Health Canada endossou sua segurança e eficácia. A empresa apresentou um pedido de aprovação ao regulador federal de medicamentos no início desta semana.

 

O Canadá também adquiriu 500.000 pílulas de tratamento antiviral oral da Merck, com a opção de comprar outros 500.000 assim que a Health Canada aprovar o medicamento.

 

“O acesso a tratamentos eficazes e fáceis de usar é fundamental para reduzir a gravidade das infecções por COVID-19 e ajudará a salvar vidas”, disse a Ministra de Compras Filomena Tassi nesta sexta-feira, 03.

 

Um estoque de medicamentos antivirais complementará as vacinas no combate à pandemia, disse ela.

 

“É apenas mais uma ferramenta na caixa de ferramentas, mas importante”, disse ela.

 

Alguns especialistas aclamaram os medicamentos antivirais como uma virada de jogo no tratamento da doença, uma vez que são projetados para bloquear a enzima essencial para a replicação viral.

 

“Se bem-sucedidas, as terapias antivirais orais... podem ajudar a reduzir a gravidade ou o início da doença em adultos que contraem ou foram expostos a COVID-19. Uma opção de tratamento oral pode, portanto, ser uma ferramenta importante para ajudar a abordar o impacto global em curso da pandemia de COVID-19”, disse Kevin Mohamed, da Pfizer Canada, em um comunicado por escrito nesta sexta.

 

O ensaio clínico da Merck mostrou uma redução de 50% no risco de hospitalização ou morte em comparação a pacientes com COVID-19 leve ou moderado que usaram placebos, por exemplo.

 

Os medicamentos orais também serão mais acessíveis do que aqueles que precisam ser administrados por via intravenosa, disse o Ministro Federal da Saúde, Jean-Yves Duclos, hoje.

 

Os antivirais atuais estão disponíveis apenas para pessoas hospitalizadas, deixando-os indisponíveis para pessoas em regiões remotas ou pessoas com infecções leves a moderadas.

 

Esses novos medicamentos podem ser prescritos e tomados pelos pacientes em casa.

 

“Este tratamento reduzirá drasticamente o risco de hospitalização para pessoas vacinadas e não vacinadas”, disse Duclos na sexta-feira.

 

A Health Canada priorizou suas análises de todas as vacinas e tratamentos para o COVID-19 e disse anteriormente que funcionaria de forma rápida e completa em novas aplicações de medicamentos que poderiam ajudar no combate à pandemia.


Co-autora: Amanda Rodrigues Leal


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.2%
5.9%
6.9%