MENU

03/02/2022 às 14h49min - Atualizada em 03/02/2022 às 14h49min

Trudeau cogita intervenção militar em Ottawa

Policiais Militares estão de sobreaviso na capital do país

Leandro Mendonça
ReutersFacts
O ‘Comboio pela Liberdade’ completou uma semana nesta quinta-feira (3), com cada vez mais manifestantes, em Ottawa. O Primeiro-Ministro Justin Trudeau, que está contaminado pela Covid-19, pediu para que os cidadãos se retirassem da cidade, para que os habitantes da província pudessem retomar sua rotina de trabalho e estudo. Mas após diversos pedidos frustrados, Trudeau resolveu subir o tom.
Mesmo com a manifestação pacífica e organizada, o Primeiro-Ministro cogitou usar o poderio militar para dissipar a aglomeração. De acordo com o Chefe de Polícia, Peter Sloly - Todas as cartas estão sendo colocadas à mesa.
Para Trudeau é necessário ter cautela para interferir na ‘ocupação’. Alguns caminhoneiros começaram a se mobilizar na fronteira e outros manifestantes estão partindo para Quebec, onde pretendem fazer mais ‘Comboios’.
 
Cidadão indignado
 
Um cidadão de Ottawa se mostrou claramente alterado por causa do ‘Comboio pela Liberdade’. O homem começou a proferir palavras de baixo calão para os manifestantes.
 
“Saia da minha cidade p***! Vá se f***. Que p*** de liberdade vocês perderam? Diga-me apenas um pouco da liberdade que perdeu! Perdi a cabeça porque não durmo há cinco dias! Parem com isso!”, e continuou. “Vocês são tão estúpidos! Estas leis são provinciais, não federais! Vá falar com Doug Ford! O Primeiro-Ministro não tem nada a ver com isso!”.
 
O vídeo da cena está no Twitter e tem milhares de visualizações.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.7%
7.1%
6.2%