MENU

26/01/2021 às 16h30min - Atualizada em 26/01/2021 às 16h30min

Presidente de Portugal garante que não há necessidade de ajuda internacional

Beatriz Kina
Armando Franca
O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, disse nesta terça-feira (26) que não vê necessidade de ajuda internacional para acolhimento de pessoas com covid-19. Portugal vem observando um número crescentes de mortes e casos da doença. 

Após uma visita ao Hospital Militar de Lisboa, acompanhado do primeiro-ministro, António Costa, Sousa foi questionado sobre o assunto pelos jornalistas. "Dos dados que conheço, não há, neste instante, razão que determine uma ideia de alarme social quanto à necessidade de recurso a ajuda internacional" respondeu. O presidente ainda acrescentou que, caso a ajuda seja necessária, pode contar com apoio dentro da União Europeia "com países e economias das mais diversas e mais ricas".

"Mas isso, naturalmente, é matéria que o Governo esclarecerá, se for necessário esclarecer, no momento em que for necessário esclarecer", destacou.

Já o primeiro-ministro, não respondeu a perguntas dos jornalistas, apenas frisou o trabalho importante das Forças Armadas para ajudar no combate ao vírus. "As Forças Armadas têm dado vários contributos muito importantes, dos quais destaco os seus polos hospitalares de Lisboa e do Porto", disse. 

O diretor de saúde do Hospital das Forças Armadas, Jacomo de Castro, comentou a situação dos leitos destinados ao tratamento da covid-19. "Em 20 de março, havia 20 camas dedicadas a covid-19, sendo agora 135 e na sexta-feira teremos 147. Para a semana, esse número de camas subirá para 197."
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%