MENU

27/01/2021 às 09h30min - Atualizada em 27/01/2021 às 09h30min

Farmacêutico pode pegar 10 anos de cadeia por danificar 570 vacinas Covid-19

Steven Brandenburg assinou um acordo confessando o crime

Redação North News com informações da CNN
Foto: Ozaukee County Sheriff's Office/Ap/Shutterstock
 
Um farmacêutico do estado americano de Wisconsin, nos Estados Unidos, assinou um acordo de confissão reconhecendo que, propositalmente, tornou ineficazes 570 doses de vacinas contra a Covid-19.

De acordo com o Departamento de Justiça do Distrito Leste de Wisconsin, na confissão, Steven Brandenburg disse que retirou 57 frascos da vacina Moderna do armazenamento refrigerado em 24 e 25 de dezembro, sabendo que isso os tornaria inutilizáveis, destruindo todos os frascos.

Em um comunicado, o departamento afirmou que "Brandenburg é acusado por duas acusações de tentativa de adulteração de produtos de consumo, com descuido imprudente pelo risco de outra pessoa ser colocada em perigo de morte ou lesão corporal". Após concordar em se declarar culpado das acusações, o farmacêutico pode levar a uma pena máxima de dez anos de prisão.

RESPOSTA
O procurador dos Estados Unidos, Matthew D. Krueger, disse que as acusações mostram que o Departamento de Justiça investigará qualquer pessoa que cometa crimes relacionados à vacinaçã, especialmente qualquer profissional médico.

"A adulteração de doses de vacina em meio a uma crise de saúde global exige uma resposta forte, conforme refletido pelas graves acusações que os Estados Unidos trouxeram hoje", disse o procurador-geral adjunto em exercício Brian Boynton da Divisão Civil do Departamento de Justiça.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.1%
4.3%
8.6%