MENU

02/02/2021 às 14h50min - Atualizada em 02/02/2021 às 14h50min

Motorista de ônibus de Toronto processa TTC em $3 milhões

Ele foi demitido por, supostamente, roubar dinheiro de uma carteira

Redação North News
TTC
Um motorista de ônibus da Toronto Transit Commission (TTC) está processando a empresa em $3 milhões depois de receber uma acusação de que havia roubado dinheiro de dentro de uma carteira esquecida no transporte. Ele foi demitido da empresa pelo suposto roubo. 

Kevin Higgins, o motorista, passou por isso no início de 2018. No dia 10 de janeiro ele estava dirigindo o 191C Highway 27 quando foi lhe entregue uma carteira encontrada por outro passageiro em um assento. Higgins comunicou os supervisores que havia encontrado o objeto, mas não checou o conteúdo da carteira. 

Chegando na estação, o supervisor checou a carteira e viu que não tinha dinheiro dentro dela.

Shane Romario, o dono da carteira, relatou o que havia perdido e que tinha muito dinheiro dentro. A TTC pediu para ele encontrar Kevin Higgins na parada do Humber College, já que ele ainda estava trabalhando, para que o objeto fosse devolvido. Higgins entregou a carteira sem dinheiro. 


A empresa iniciou uma investigação e conferiu que a pessoa que encontrou a carteira não mexeu nela. Como não existem câmeras apontadas para o motorista, não foi possível identificar se ele checou o que tinha na carteira. Segundo o dono do objeto, ele carregava $3.000. 

A TTC concluiu que a denúncia do rapaz “era confiável” e demitiu o funcionário em 23 de maio do mesmo ano. Higgins foi acusado de roubo inferior a $5.000.

No julgamento, o motorista admitiu que não seguiu os procedimentos padrão da empresa, mas que não roubou nenhum dinheiro. Também foram verificadas inconsistências no depoimento de Shane Romario, que primeiro relatou que havia $3.800 na carteira, depois falou em $3.400 e depois em $3.000. 

O juiz Jack M. Grossman concluiu que não havia evidências suficientes que provavam que Higgins tinha cometido o crime. Em novembro de 2018, a empresa o readmitiu. 

“Passei de um funcionário valorizado e dedicado a um criminoso em um piscar de olhos”, disse Kevin Higgins em um comunicado ao jornal The Star. 


**Com informações do The Star


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.1%
4.3%
8.6%