MENU

03/02/2021 às 14h14min - Atualizada em 03/02/2021 às 14h14min

Em projeto piloto, equipes não-policiais atendem chamadas de crise de saúde mental

Redação North News
Um projeto piloto foi aprovado na Câmara Municipal de Toronto nessa terça-feira (2). Agentes não-policiais da área da saúde passarão a atender as chamadas de crise de saúde mental na cidade. 

Hoje, quem responde a estas chamadas são policiais e essa mudança prevê o cancelamento do financiamento desse serviço e redistribuição das ocorrências. Os profissionais da saúde atenderão apenas ocorrências que não envolverem violência e não forem emergenciais. 

“A polícia de Toronto responde a cerca de 30.000 chamadas de saúde mental por ano. Essa mudança não apenas verá os profissionais de saúde mental aplicando suas habilidades e treinamento a incidentes em que essa será uma resposta melhor, mas também permitirá que a polícia se concentre nas principais prioridades do policiamento, como crimes violentos”, disse o prefeito da cidade, John Tory no lançamento.

Os profissionais que assumirão a tarefa receberam treinamento em saúde mental, cuidados de saúde, uso de substâncias, redução da intensidade, consciência situacional e outras habilidades.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%