MENU

20/10/2022 às 10h47min - Atualizada em 20/10/2022 às 10h47min

Ministra do Reino Unido renuncia com menos de seis semanas no cargo

Lis Truss, do Partido Conservador, não teve como cumprir promessa de campanha

Leandro Mendonça
Twitter
Liz Truss anunciou sua renúncia como primeira-ministra britânica na manhã desta quinta-feira(20), após semanas de controvérsia sobre seu plano econômico.

Truss, que se tornou primeira-ministra apenas seis semanas depois de ser nomeada após uma vitória na liderança conservadora, anunciou sua saída do lado de fora do Parlamento, às 10 horas, na Downing Street para aos repórteres. A eleição da liderança será concluída na próxima semana.

“Reconheço que, dada a situação, não posso cumprir o mandato para o qual fui eleita pelo Partido Conservador. Por isso, falei com Sua Majestade o Rei para notificá-lo de que estou renunciando ao cargo de líder do Partido Conservador”, disse ela.

“Esta manhã conheci o presidente do Comitê de 1922, Sir Graham Brady. Concordamos que haverá uma eleição de liderança a ser concluída na próxima semana. Isso garantirá que permaneçamos no caminho para entregar nossos planos fiscais e manter a estabilidade econômica e a segurança nacional de nosso país”.

O plano econômico de Truss provocou ondas de choque nos mercados e dividiu seu Partido Conservador. Mais tarde, ela demitiu seu ministro das Finanças e nomeou um novo, que reverteu seus planos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »