MENU

05/02/2021 às 09h26min - Atualizada em 05/02/2021 às 09h26min

EUA com planos de admitir 125 mil refugiados em 2021

Gestão Trump havia determinado a admissão de 15 mil refugiados como máximo para este ano fiscal

Redação North News
com informações da CNN
Foto: Jim Lo Scalzo/EFE
 
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou uma série de mudanças para a politica externa norte-americana, incluindo a intenção de admitir mais refugiados.
 
A gestão Trump determinou a admissão de 15 mil refugiados como máximo para este ano fiscal, o número mais baixo desde 1980. Biden se comprometeu a ampliar esse número para 125 mil para o primeiro ano completo sob sua gestão.
 
“Encaramos uma crise de mais de 80 milhões de pessoas deslocadas sofrendo em todo o mundo. Então hoje estou aprovando um decreto para começar o trabalho duro de restaurar nosso programa de admissão de refugiados para ajudar a enfrentar a necessidade global sem precedentes”, afirmou Biden.
 
Em discurso no Departamento de Estado, nessa quinta-feira, Biden anunciou ainda o fim do apoio americano à guerra no Iêmen e o comprometimento com a proteção dos direitos dos LGBTs em todo o mundo.
 
Biden também falou sobre a relação diplomática com a Rússia e a China durante o seu mandato.
 
O presidente disse que enfrentará os abusos econômicos da China, mas que está pronto para dialogar.
 
Sobre a Rússia, Biden disse que estendeu um tratado com o país para preservar a estabilidade nuclear, mas que a postura dele será "muito diferente" do seu antecessor.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

84.5%
5.2%
10.3%