MENU

08/02/2021 às 19h42min - Atualizada em 08/02/2021 às 19h42min

Canadá registra a temperatura mais fria em quase quatro anos

Wekweeti nos Territórios do Noroeste confirmou uma leitura de -51,9 C

Redação North News
com informações da CTVNews.ca Writer
Foto: Kayle Neis/The Canadian Press
 
O Canadá registrou sua temperatura mais fria em anos nesse domingo, com o que restou de um vórtice polar que atingiu a maior parte do país.

De acordo com a Environment Canada, Wekweeti nos Territórios do Noroeste confirmou uma leitura de -51,9 C, que a agência diz ser a temperatura mais fria do Canadá em quase quatro anos.

Nessa segunda-feira, a meteorologista Terri Lang da Environment Canada disse ao CTVNews.ca que a última vez que uma temperatura assim foi registrada no Canadá foi em março de 2017, quando caiu para -54,7 C em Mold Bay, NWT.

Lang disse que o frio recorde foi provocado pelos restos de um vórtice polar movendo-se pelo oeste do Canadá, fazendo com que algumas regiões tivessem uma 
sensação térmica de -60 C.

"O aumento do ar frio ao redor do Pólo Norte se aprofunda e se fortalece no inverno por causa da falta de sol", disse Lang em entrevista por telefone, completando que os vórtices polares não são incomuns e seus remanescentes penetram no Canadá na maioria dos invernos nesta época.

Ela disse que um vórtice polar contém ar do Ártico que fica sobre os pólos durante grande parte do inverno. Quando esses sistemas climáticos quebram em direção à primavera, disse Lang, o ar do Ártico então cai no Canadá.

"Através das pradarias, estamos apenas recebendo um pouco daquele ar frio que está descendo porque a corrente de jato deu uma volta bastante para o sul. Isso é o que acontece todo inverno e é o que dá ao Canadá seu clima frio".

Lang disse ainda que o vórtice polar está quebrando recordes de frio nas províncias do oeste. Ela observou que o sistema meteorológico resultou em Uranium City, Saskatchewan,
 amarrando seu recorde de frio de todos os tempos em -48,9 C enquanto Fort Chipewyan, Alberta, estabeleceu um novo recorde de -47,2 C.

Com o ar do Ártico descendo para o Canadá Ocidental, Lang disse que o vórtice está empurrando o ar mais quente para o norte. A Environment Canada relatou que algumas áreas no leste de Nunavut experimentaram temperaturas relativamente amenas no domingo, com o ar quente elevando a leitura para 2 C.

Lang disse que os remanescentes do vórtice polar permanecerão situados entre Alberta e Manitoba durante a semana, e também se moverão para algumas regiões da Colúmbia Britânica à medida que a sensação de frio aumenta.

"Vai ficar aqui por um tempo. Uma vez que o ar frio realmente profundo se estabelece, é meio difícil de sair. É muito denso, é muito pesado, então é muito difícil tirá-lo de lá".

Segundo Lang, as previsões de longo prazo prevêem que o tempo frio permanecerá até o próximo fim de semana. Embora não pareça -60 C todos os dias, a meteorologista disse que mais registros de temperatura fria podem ser esperados em todas as pradarias nesse meio tempo.

"Isso não significa que todo dia vai ser realmente excessivamente frio, mas certamente, veremos muitas leituras de frio extremo na próxima semana, porque mesmo que esquente um pouco, às vezes o vento sopra e seus calafrios ainda estão altos".

Enquanto o Canadá Ocidental lida com os restos de um vórtice polar, uma grande tempestade de inverno atingiu o Atlântico Canadá durante a noite de domingo, deixando partes do Maritimes cobertas de neve. De acordo com a Environment Canada, espera-se que esse sistema climático entre em Newfoundland e Labrador, trazendo condições de whiteout para certas regiões.

Em Ontário, a agência diz que as baixas temperaturas e os fortes ventos que açoitam os Grandes Lagos causaram rajadas de neve na região sul da província, enquanto partes de Quebec continuam a cavar para escapar da tempestade de inverno da semana passada.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%