MENU

09/02/2021 às 10h00min - Atualizada em 09/02/2021 às 10h00min

Preço médio para compra de casas na GTA deve chegar a $1 milhão em 2021, prevê conselho

Em janeiro foram vendidas 6.928 residências na região, acima das 4.546 vendas realizadas no mesmo mês de 2020

Redação North News
com informações do The Canadian Press
Foto: Rene Johnston/Toronto Star
 
O Conselho Regional de Imóveis de Toronto divulgou, nessa segunda-feira (8), que o preço médio de venda de casas na Região Metropolitana de Toronto (GTA, na sigla em inglês) deve chegar a $1 milhão pela primeira vez ainda em 2021.
 
Segundo previsão do conselho, no final de 2021 o preço médio para a venda na região será de $1,025 milhão, ante a uma média de $929.692 no mesmo período de 2020.
 
“Voltamos ao cenário do qual realmente falamos muito nos últimos anos, em que a oferta de listagens que chegam ao mercado não acompanha o crescimento das transações. Levando esses fatores de demanda em consideração, mais o que estamos procurando para novas listagens que entrem no mercado, isso significa que o aperto continua”, explicou o analista-chefe de mercado do conselho, Jason Mercer.
 
O setor virou o ano novo com uma enxurrada sem precedentes de compras de casas, que aumentou o número de vendas em 52% e o preço médio de venda para quase $1 milhão.
 
Os picos foram alimentados por um inverno atípico, em que as pessoas foram desencorajadas a se reunir para as férias em um esforço para reprimir a disseminação da Covid-19, e, além disso, a região não era frequentemente coberta de neve e as taxas de juros eram baixas.
 
De acordo com os especialistas, essa mistura de fatores deixou as pessoas com menos compromissos sociais, mais poder de empréstimo e mais tempo para procurar novas propriedades, especialmente aquelas fora do centro da cidade, que ofereceu uma fuga da cidade enquanto as pessoas continuam a trabalhar em casa.
 
Ainda segundo o Conselho Regional de Imóveis de Toronto, as vendas de casas em janeiro alcançaram 6.928, acima das 4.546 casas vendidas no mesmo mês do ano passado. O preço médio de venda subiu 15,5% para $967.885, um aumento em comparação com os $838.087 de 2020. O número de novos anúncios também subiu para 9.430, um aumento de 20% em relação aos 7.848 do ano passado.
 
A expectativa é que as vendas totalizem 105.000 em 2021 e os novos anúncios cheguem a 160.000, ante 95.115 e 156.755, respectivamente, no ano passado.
 
Alerta
Além disso, o conselho acredita que as listagens de novos apartamentos em condomínio diminuirão na segunda metade do ano e as listagens de prédios baixos permanecerão restritas. Já as condições de mercado para residências baixas, incluindo residências isoladas, permanecerão muito apertadas, com as vendas crescendo em um ritmo mais rápido do que as listagens.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%