MENU

13/02/2021 às 15h09min - Atualizada em 13/02/2021 às 15h09min

TTC fará mudanças para a reabertura das escolas em Toronto; veja o que muda

Mudanças incluem a restauração de quase todas as rotas expressas e a implantação de 60 ônibus adicionais para atender às escolas secundárias

Redação North News
com informações do Daily Hive
Foto: Shawn Goldberg/Shutterstock
 
Com a reabertura das escolas de Toronto na próxima terça-feira (16), a empresa de trânsito da cidade (TTC, na sigla em inglês) fará algumas mudanças.

Na sexta-feira, a TTC disse que essas mudanças, feitas para acomodar o fluxo de alunos que usarão o transporte público, incluirão a restauração de quase todas as rotas expressas e a implantação de 60 ônibus adicionais para atender às escolas secundárias.

Em um comunicado à imprensa, a empresa trabalhará em estreita colaboração com os conselhos escolares para entender a matrícula dos alunos, bem como os horários de início e término.

O prefeito John Tory diz que essas mudanças ajudarão a fornecer uma maneira segura para os alunos chegarem à escola todos os dias

“Durante a pandemia, trabalhamos para manter nosso sistema de trânsito funcionando, de modo que nossa linha de frente e trabalhadores essenciais possam ir e voltar do trabalho todos os dias. A TTC está pronta para o início do aprendizado em sala de aula e fornecerá um sistema de trânsito seguro e eficiente para os alunos”, afirmou Tory.

A autoridade de trânsito diz que permanecerá flexível com seu serviço, uma vez que se ajusta aos alunos que retornam à escola, e responderá à demanda com ônibus suplementares.

Também haverá funcionários adicionais nas estações onde a presença de alunos é alta para monitorar o congestionamento. A distribuição de máscara gratuita, protocolos de limpeza aprimorados e fornecimento de desinfetante para as mãos em todas as estações, bondes e veículos Wheel-Trans também continuarão.

“Continuamos a realizar uma limpeza adicional e completa em nossos veículos, fornecer acesso fácil a desinfetante para as mãos e máscaras gratuitas e implantar o serviço onde é mais necessário”, finalizou a empresa em nota.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
4.7%
7.7%