MENU

13/02/2021 às 16h54min - Atualizada em 13/02/2021 às 16h54min

Canadá: estudante internacional que concluir 100% dos estudos online agora será elegível para um PGWP

Autoridades canadenses estão facilitando a elegibilidade para uma autorização de trabalho de pós-graduação

Júnior Mendonça
com informações do IRCC
Foto: IRCC/@CitImmCanada/Twitter
 
A partir de agora, os estudantes internacionais que concluírem todo o programa de pós-ensino médio online serão elegíveis para a permissão de trabalho aberta de três anos após a formatura.
 
O anúncio, feito nessa sexta-feira (12), é uma expansão das mudanças temporárias no programa de autorização de trabalho de pós-graduação implementado no início da pandemia.
 
O Canadá está tornando mais fácil para os estudantes internacionais graduados se qualificarem para a Permissão de Trabalho de Pós-Graduação (PGWP) durante a pandemia. Antes, o aprendizado online não podia contar para uma aplicação PGWP.
 
Segundo o Ministério da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC), os estudos concluídos fora do Canadá até 31 de dezembro de 2021, contarão para um futuro post-graduation work permit (PGWP) e permitirão que os alunos internacionais concluam todo o seu programa on-line do exterior enquanto ainda são elegíveis para um PGWP.
 
A nova medida de apoio a estudantes internacionais graduados vem apenas algumas semanas após o Canadá anunciar que os PGWPs podem ser renovados por até 18 meses. Normalmente, PGWPs têm uma duração fixa e não podem ser renovados ou estendidos.
 
Ainda segundo o IRCC, as novas medidas se aplicam a estudantes internacionais que estão matriculados em um programa elegível ao PGWP, e cujo programa de estudo começa em qualquer semestre entre a primavera de 2020 e o outono de 2021. Também se aplica àqueles cujo programa de estudo já estava em andamento em março de 2020, quando o Canadá primeiro entrou em bloqueio.
 
“Essas mudanças temporárias se aplicam a todos os estudantes internacionais que estão matriculados em um programa elegível ao PGWP e atendem a todos os outros critérios do PGWP”, twittou nessa sexta-feira (12) o IRCC.
 
“Seja como profissionais de saúde na linha de frente da pandemia ou como fundadores de algumas das mais promissoras empresas, os estudantes internacionais estão retribuindo às comunidades em todo o Canadá à medida que continuamos a luta contra a pandemia. Seu status pode ser temporário, mas as contribuições dos estudantes internacionais são duradouras. Essa nova política significa que os alunos que desejam trabalhar no Canadá após a formatura não perderão oportunidades, ao mesmo tempo em que garante que o Canadá atenda às necessidades urgentes de nossa economia hoje e amanhã. Nossa mensagem para estudantes e graduados internacionais é simples: não queremos apenas que você estude aqui, queremos que você fique aqui”, afirmou em nota o ministro Marco Mendicino.
 
Atualmente, os estudantes internacionais podem viajar para o Canadá se forem para uma Instituição de Aprendizagem Designada Canadense (DLI) que tenha um plano de preparação para Covid-19 aprovado. O PGWP permite que estudantes internacionais graduados que estudaram em uma DLI trabalhem para qualquer empregador em qualquer lugar do Canadá por até três anos.
 
A experiência de trabalho que os graduados internacionais podem obter de um PGWP pode apoiar um futuro pedido de residência permanente por meio de vários caminhos de imigração. O Express Entry, o Quebec Experience Program e o Provincial Nominee Program, por exemplo, todos valorizam a experiência de trabalho canadense e alguns programas exigem essa experiência.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%