MENU

15/02/2021 às 08h27min - Atualizada em 15/02/2021 às 08h27min

Relatos de violência doméstica seguem aumentando devido ao confinamento

Redação North News
EBC
Desde o início da pandemia da covid-19, a Canada's Assaulted Women's Helpline tem observado um número crescente de ligações relatando violência doméstica no Canadá. 

Entre 1º de setembro e 31 de dezembro de 2020 foram 20.334 ligações recebidas, o que representa um aumento de quase 40% em relação ao mesmo período de 2019.

Oportunidades de sair de casa e de manter contato com amigos e família foram, muitas vezes, extintas durante o período de isolamento, o que limitou as possibilidades de pedir ajuda. 

Em entrevista ao CP24, Yvonne Harding, gerente de desenvolvimento de recursos da Canada's Assaulted Women's Helpline, disse que viu o número de chamadas aumentar quase imediatamente quando partes do Canadá foram bloqueadas pela primeira vez. Entre 1º de abril e 30 de setembro de 2020, a central recebeu 51.299 ligações, o que representa um aumento de 53% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

“Vimos uma série de chamadas. Vimos aquelas que estavam se sentindo imediatamente ameaçadas porque sua situação havia piorado, e vimos aquelas para quem os medos estavam começando, porque as coisas estavam começando a mudar e elas estavam acostumadas a ter acesso a apoios da comunidade pessoalmente que não estavam mais disponíveis para eles", disse Harding na entrevista.

Dados apontados pela Statistics Canada mostram um aumento de 12%, entre março e junho de 2020 em comparação ao mesmo período de 2019, relacionados a distúrbios domésticos. Mas também apresentou queda de 4,3% de agressões por familiares e 17,7% de agressões sexuais por familiares. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%