MENU

16/02/2021 às 14h52min - Atualizada em 16/02/2021 às 14h52min

Vendas de imóveis batem recorde histórico no Canadá

A análise foi feita pela Canadian Real Estate Association

Beatriz Kina
As vendas de imóveis no Canadá bateram um recorde histórico no primeiro mês de 2021. Segundo uma pesquisa feita pela Canadian Real Estate Association (CREA), as vendas cresceram mais de 35% em relação ao ano anterior e 2% em relação a dezembro do ano passado. 

Pelo sétimo mês consecutivo, a atividade de vendas aumentou em quase todos os mercados imobiliários canadenses em comparação com o mesmo mês do ano anterior. “2021 começou como terminou 2020, com uma série de indicadores-chave do mercado imobiliário continuando a bater recordes”, afirmou Costa Poulopoulos, Presidente do CREA.

Para Poulopoulos, o desafio de 2021 permanece o mesmo de 2020: COVID e falta de abastecimento. “Parece que nossos esforços coletivos para eliminar os casos COVID no último mês e meio estão funcionando. Com sorte, alguns vendedores em potencial que se recusaram a entrar no mercado no ano passado se sentirão mais confortáveis ​​com a cotação neste ano.”

O número de casas recém-listadas caiu 13,3% em janeiro, liderado por quedas de dois dígitos na GTA, Hamilton-Burlington, London e St. Thomas, Ottawa, Montreal, Quebec e Halifax Dartmouth.

Com essa queda no número de imóveis sendo ofertados e aumento nas vendas, em janeiro, a proporção nacional de vendas para novas listagens se estreitou para 90,7%, sendo o nível mais alto da história. O recorde mensal anterior era de 81,5% estabelecido há 19 anos.

Para quem se interessa por números mais palpáveis, o preço médio nacional de venda de uma casa no Canadá também bateu recorde, atingindo $621.525 em janeiro de 2021, um aumento de 22,8% em relação ao mesmo mês do ano passado. 

“O preço médio nacional é fortemente influenciado pelas vendas na Grande Vancouver e no GTA, dois dos mercados de habitação mais ativos e caros do Canadá”, afirmou a pesquisa. Se os preços desses dois locais fossem extintos, a média nacional cairia para aproximadamente $490 mil. 

Os preços subiram 16,6% em relação a janeiro passado em Montreal. Enquanto isso, os ganhos de preço ano a ano ficaram na faixa de 10-15% na Ilha de Vancouver, Chilliwack, Vale Okanagan, Winnipeg, GTA e Mississauga. Os preços aumentaram na faixa de 5 a 10% em Victoria, Greater Vancouver, Regina e Saskatoon. Os preços das casas subiram 2% e 2,2% em Calgary e Edmonton, respectivamente.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

84.5%
5.2%
10.3%