MENU

18/02/2021 às 11h48min - Atualizada em 18/02/2021 às 11h48min

Portugal já instaurou 33 inquéritos relacionados com irregularidades na vacinação Covid-19

Investigações acontecem nas regiões de Castelo Branco, Farminhão, Resende, Trancoso, Lisboa, Portimão e Reguengos de Monsaraz

Redação North News
com informações da Agência Lusa
Foto: Vasco Célio/Lusa
 
O Ministério Público de Portugal já instaurou 33 inquéritos relacionados com irregularidades na vacinação contra a Covid-19, entre os quais a IPSS de Castelo Branco, Farminhão, Resende e Trancoso e a responsáveis autárquicos de Lisboa, Portimão e Reguengos de Monsaraz.

Para a Agência Lusa o Ministério Público afirmou que dos mais de 30 inquéritos sobre irregularidades relacionadas com o plano de vacinação contra o novo coronavírus, sete foram na área da Procuradoria-Geral Regional de Lisboa, oito na área do Porto, 10 na área de Coimbra e oito na área da Procuradoria-Geral Regional de Évora.

Em nota, o MP diz que “atentas algumas questões específicas colocadas pela imprensa, esclarece-se que, para além de situações anteriormente confirmadas, foram, designadamente, instaurados inquéritos relativamente a factos noticiados relativos a instituições particulares de solidariedade social de Castelo Branco, Farminhão, Resende e Trancoso ou relacionados com a vacinação de responsáveis autárquicos de Lisboa, Portimão e Reguengos de Monsaraz”.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.2%
8.3%