MENU

24/02/2021 às 18h45min - Atualizada em 24/02/2021 às 18h45min

Ação interprovincial da polícia apreende $11,5 milhões do crime organizado

Operação policial intitulada Projeto Pó de Ouro foi deflagrada na Colúmbia Britânica e Manitoba

Júnior Mendonça
com informações da Winnipeg Police Service
Foto: Ken Gabel/CTV News
 
O Serviço de Polícia de Winnipeg apreendeu um total $11,5 milhões em drogas, Bitcoin, carros e imóveis de uma rede do crime organizado que agia na Colúmbia Britânica e Manitoba.

Em nota, a polícia explicou que as investigações do Projeto Pó de Ouro, iniciadas em maio do ano passado, foram realizadas por policiais da Unidade de Crime Organizado do Serviço de Polícia de Winnipeg, com o apoio de várias outras unidades policiais, entre elas Unidade Federal de Crimes Graves e Organizados, da Real Polícia Montada do Canadá, localizada na Colúmbia Britânica.

Durante a investigação a polícia identificou vários membros de um grupo de traficantes conhecido como 'A Empresa'. Segundo a polícia, os marginais importaram grandes quantidades de cocaína para Winnipeg. O narcótico foi distribuído por meio de uma “sofisticada rede operacional”, diz a policia.

Em 10 de fevereiro, 144 policiais executaram vários mandados de busca em Winnipeg e na Colúmbia Britânica.

De acordo com a polícia, foram executados 22 mandados de busca e busca em veículos em Winnipeg, um mandado de busca em Surrey, na Colúmbia Britânica, e três mandados de busca e busca em veículos em Vancouver. 11 marginais, com idades entre 24 e 63 anos foram capturados.

Outros dois homens e uma mulher de Winnipeg foram presos, mas não serão acusados por enquanto.

Entre os itens que a polícia apreendeu durante as buscas em Winnipeg estão 17kg de cocaína avaliada em $1,7 milhão, $2 milhões em dinheiro, $107.000 em Bitcoin, quatro armas de fogo e vários veículos avaliados em $230.000. A polícia identificou também propriedades residenciais e comerciais do crime, avaliadas em $4.644.000.

Na Colúmbia Britânica, a polícia apreendeu $700.000 em dinheiro, entre outros, além de identificar propriedades residenciais dos criminosos, avaliadas em $3.539.000.

A polícia diz que a investigação está em andamento e outras detenções e acusações ainda estão pendentes.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.4%
5.2%
8.4%