MENU

26/02/2021 às 01h03min - Atualizada em 26/02/2021 às 01h03min

SEMPRE FLAMENGO

Rubro-Negro é derrotado pelo São Paulo, mas conquista bicampeonato Brasileiro

Leandro Mendonça
@Brasileirao / Twitter

Tinha que ter uma pitada de emoção. O Flamengo chegou à última rodada precisando apenas fazer a sua parte, derrotando o desmotivado São Paulo, no Morumbi. Mas o que se viu foi um Tricolor bem encaixado, que anulou as principais peças Rubro Negras e que buscou a vitória o tempo inteiro.
A grande atuação do Tricolor do Morumbi trouxe um toque dramático até os últimos segundos da 38ª Rodada do Campeonato Brasileiro, pois em Porto Alegre, o Internacional empatava com o Corinthians em 0 a 0, resultado insuficiente para levar o Colorado ao tão esperado título, que não vem desde 1979.

OS JOGOS

Enquanto o Flamengo não demonstrava muita inspiração no Morumbi, o Inter partiu com tudo para cima de um Corinthians sem pretensões no Campeonato. O primeiro susto para a Nação Rubro Negra veio aos 33 minutos, quando um pênalti foi assinalado para o Inter, mas após revisão do VAR, foi anulado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio. Os Colorados tiveram um gol irregular anulado aos 45 minutos, após impedimento Yuri Alberto.

Os comandados de Rogério Ceni não sabiam sobre os acontecimentos no Rio Grande do Sul, mas mesmo assim, não mantiveram as boas atuações das últimas rodadas. Até que aos 49 minutos, Luciano, um dos artilheiros do Brasileirão, acertou belo chute em cobrança de falta e abriu o marcador no Morumbi.

ESPERANÇA X DESESPERO

Após a volta do intervalo, o Flamengo não demorou a empatar a partida. Bruno Henrique aproveitou cabeçada de Gustavo Henrique e desviou para o fundo das redes de Tiago Volpi.
Ao mesmo tempo, em Porto Alegre, Edenílson também cabeceou uma bola, dentro da pequena área, mas viu o goleiro corintiano realizar um milagre.
O São Paulo achou seu segundo gol após saída errada do jovem goleiro flamenguista. Hugo tentou se desfazer da bola que parou no pé de Daniel Alves. O veterano meio-campista precisou apenas de dois toques para dar a assistência e deixar Pablo livre para desempatar a partida. Novo sofrimento Rubro-Negro. E ao mesmo tempo, no Beira Rio, Caio soltava um ‘canudo’ na trave de Cássio, que estava vendido no lance.

RESPIRANDO POR APARELHOS

Em São Paulo não havia mais o que ser feito. A derrota e o empate resultavam na mesma coisa. O foco estava em Porto Alegre. Jogadores reservas do Flamengo, dirigentes e comissão técnica estavam de olho na televisão. E aos 51 minutos, o ‘teste para cardíaco’ foi colocado em cheque. Edenílson recebeu passe na medida e colocou a bola para dentro das redes, dando assim o título ao Colorado.
Mas o VAR, acertadamente, confirmou a decisão do auxiliar de campo em anular o gol. Por dois minutos, o coração de milhares de rubro-negros congelou por todo o Mundo.

FLAMENGO É FLAMENGO

Os jogadores receberam o troféu de bicampeões no Morumbi. Os jogadores devem voltar ao Rio de Janeiro na madrugada desta sexta-feira, onde centenas de torcedores esperam o elenco. Durante o dia, a torcida deve se reunir com os atletas na sede da Gávea para comemorar o octacampeonato.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.2%
8.3%