MENU

12/03/2021 às 07h58min - Atualizada em 12/03/2021 às 07h58min

Menina de 7 anos morre misteriosamente em Toronto após café da manhã em ‘festa do pijama’

Uma amiga da vítima fatal ficou gravemente doente e luta para sobreviver em um hospital

Redação North News
com informações da CTV News Toronto
Foto: Arquivo da Família
 
Uma menina de três anos de Toronto morreu e outra está gravemente doente, ambas repentinamente, depois de tomarem café da manhã durante uma ‘festa do pijama’, no último fim de semana.
 
De acordo com a mãe da criança morta, Maurine Mirembe, sua filha, Bernice Nantanda Wamala, dormiu no apartamento de sua amiga na noite de sábado, que está localizado em um andar diferente no mesmo prédio onde moram em Scarborough.
 
Ela disse ao CTV News Toronto que estava tudo bem até que as duas meninas comerem cereal no café da manhã de domingo.
 
Mirembe disse que recebeu um telefonema da mãe da outra garota para dizer que Berenice estava tendo algum tipo de reação e estava vomitando.
 
“Quando subi as escadas, encontrei Berenice deitada em uma cadeira. Ela estava muito fraca e, quando chequei sua boca, estava acinzentada", disse Mirembe, completando que a filha mal respirava.
 
"Até apertei o dedo médio dela para ver se o sangue estava se movendo, mas nada. Eu estava em choque".
 
Mirembe disse que a mãe da outra garota ligou para o 911 e enquanto esperavam a chegada dos paramédicos, ela desceu correndo para pegar uma muda de roupa para sua filha.
 
Mirembe disse que a operadora do 911 colocou a mãe da outra garota em contato com uma enfermeira da Telehealth Ontario, que lhes disse para levar Berenice ao hospital mais próximo.
 
Ela disse que sua amiga os levou ao Hospital Michael Garron, mas quando chegaram, a equipe disse-lhes que sentassem e esperassem. Mirembe disse que eles imploraram à equipe do hospital para tratar sua filha imediatamente.
 
Ela disse que a equipe colocou Berenice em oxigênio e fez vários testes para tentar determinar o que estava acontecendo.
 
Mirembe disse que após várias tentativas de ressuscitação pelos médicos, sua filha foi retirada do aparelho de suporte de vida e morreu. Ela disse que a outra menina ainda está gravemente doente e se recuperando no Hospital for Sick Children em Toronto.
 
Mirembe disse que os médicos não foram capazes de fornecer a ela nenhuma informação sobre o que pode ter causado a morte de sua filha.
 
"Ela era uma garota feliz. Ela adorava música, adorava dançar. Mesmo no sábado, nós dançávamos e cantávamos", lamentou Mirembe.
 
Investigação
O Office of The Chief Coroner e a Polícia de Toronto confirmaram ao CTV News Toronto que estão investigando a morte.
 
A Agência Canadense de Inspeção de Alimentos (CFIA) disse que está trabalhando para determinar se um produto alimentício está "implicado neste incidente".
 
"A CFIA coletou amostras de produtos alimentícios para análise e emitirá um aviso se descobrir que um produto alimentar implicado está atualmente disponível no Canadá", disse a agência em um comunicado.
 
Ajuda
A família de Bernice Nantanda Wamala lançou uma página GoFundMe para arrecadar fundos para enviar o corpo de volta a Uganda para ser enterrado. Até a manhã dessa sexta-feira, mais de $22.000 já haviam sido arrecadados.
 
"Para todos aqueles que a conheciam, ela era cheia de vida, tinha muito amor para dar e ainda mais risos para compartilhar. Desejo colocá-la para descansar em sua casa, em Uganda, onde está nossa herança e onde ela estaria em paz”, escreveu Mirembe na página GoFundMe.
 
"Há tantas perguntas e tão poucas respostas, isso pode não consertar o que está para sempre quebrado dentro de mim, mas será um começo para eu conseguir um fechamento, até que eu possa descobrir o que aconteceu com meu bebê", finalizou a mãe da criança morta.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.2%
8.3%