MENU

12/03/2021 às 15h49min - Atualizada em 12/03/2021 às 15h49min

Ensino médio de Ontário terá aulas de linguagem americana de sinais a partir de setembro

Ontário é a primeira jurisdição no Canadá a incluir a ASL no currículo

Redação North News
com informações do Daily Hive
Foto: Chris Young/The Canadian Press
 
As escolas de segundo grau de Ontário começarão a oferecer a linguagem americana de sinais (ASL) como segunda língua, a partir de setembro de 2021.
 
Ontário é a primeira jurisdição no Canadá a lançar um currículo LSQ desenvolvido pelo ministério e uma das primeiras a lançar um currículo ASL de segunda língua desenvolvido pelo ministério.
 
O objetivo é que os alunos tenham a oportunidade de desenvolver novas habilidades linguísticas e tornem-se mais conscientes culturalmente, além de aprenderem sobre obras e textos literários ASL ou LSQ.
 
“Ao expandir as opções de cursos de segundo idioma para os alunos, nosso governo está consolidando seu papel como líder no fornecimento de oportunidades de aprendizagem inovadoras”, disse o ministro da Educação, Stephen Lecce.
 
De acordo com a província, ASL e LSQ têm histórias únicas e referências culturais distintas, e para garantir a precisão e incluir histórias autênticas o Ministério da Educação consultou as duas comunidades sobre o conteúdo dos cursos.
 
“Este novo currículo é muito necessário e será um acréscimo valioso para os alunos de toda a província. Isso aumentará a compreensão dos alunos sobre a língua e a identidade das pessoas da ASL em Ontário: o senso de identidade, da associação, da cultura e da humanidade das pessoas da ASL e incentiva os alunos a desenvolverem o respeito pela diversidade humana”, afirmou Donald Prong, Diretor Executivo da Associação de Surdos de Ontário.
 
“Queremos reconhecer que o compromisso do Ministério da Educação com o desenvolvimento deste currículo é um passo na direção certa. Ficamos muito satisfeitos por termos sido convidados a participar de seu desenvolvimento e esperamos oportunidades futuras de trabalharmos juntos”, disse Prong.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%