MENU

18/01/2021 às 08h30min - Atualizada em 18/01/2021 às 08h30min

BRASIL Vacinação contra Covid-19 no Brasil começa nesta segunda-feira

Projeção é que todos os estados recebam, até 14h, doses da vacina Coronavac

Redação North News com informações da CNN
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
 
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta segunda-feira (18), em evento para entrega simbólica das primeiras doses da vacina Coronavac distribuídas pelo governo federal, que a vacinação contra a Covid-19 começa "hoje, no fim do dia" em todo o país. A projeção de Pazuello é que todos os estados recebam, até 14h, as doses da vacina que foram atribuídas a eles, de forma proporcional, pelo Ministério da Saúde.

"Fica combinado que a gente distribui tudo hoje e começa [a vacinação] ao final do dia, em princípio, às 17h. A gente marca não antes das 17h, mas se alguém tiver delongas, faz parte da missão", disse o ministro. "Quem puder, começa às 18h, mas o importante é que comece hoje, ao final do dia. Esse é nosso combinado", continuou Pazuello. A previsão anterior do ministério era de que a vacinação nacional contra o novo coronavírus fose iniciada na quarta-feira (20).

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou no domingo (17) o uso emergencial de 6 milhões de doses da Coronavac, vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e de 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Universidade de Oxford.

PRIMEIRA Após a aprovação do uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no Brasil. Ela recebeu o imunizante Coronavac, desenvolvido no país pelo Instituto Butantan, no Hospital das Clínicas de São Paulo, neste domingo (17).

ILEGAL O marco histórico, porém, se tornou alvo de polêmica, e foi considerado "em desacordo com a lei" pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Segundo Pazuello, uma medida provisória do governo federal determinou que cabe ao Ministério da Saúde coordenar nacionalmente a imunização contra o novo coronavírus, o que tornaria a imunização feita em São Paulo neste domingo (17) ilegal.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.1%
4.3%
8.6%