MENU

12/04/2021 às 11h19min - Atualizada em 12/04/2021 às 11h19min

Vereador de Toronto quer permitir consumo de cerveja e vinho em parques da cidade

Projeto seria executado de 21 de maio a 31 de outubro e amplamente voltado para cerveja, vinho e cidra

Redação North News
com informações do CP24
Foto: Frank Gunn/The Canadian Press
 
Um vereador de Toronto quer que a cidade introduza um projeto piloto para permitir o consumo de bebidas alcoólicas em parques públicos e nas praias no verão.

O vereador Josh Matlow escreveu uma carta ao comitê de infraestrutura e meio ambiente pedindo que eles considerassem a implementação de um projeto piloto que permitiria ao público consumir algumas bebidas alcoólicas em parques e em praias com banheiros entre 11h e 21h.

O projeto piloto proposto seria executado de 21 de maio a 31 de outubro e seria amplamente voltado para cerveja, vinho e cidra, com a cidade continuando a proibir o consumo público de qualquer bebida com uma porcentagem de álcool superior a 15%.

“À medida que nos aproximamos do segundo verão da pandemia, as autoridades de saúde pública reconhecem a realidade de que, especialmente depois de um ano de isolamento, as pessoas precisam se socializar. Cabe a nós, como legisladores, criar ambientes onde essas conexões com amigos e familiares possam ser feitas da maneira mais segura possível”, 
disse Matlow.

No verão passado, Vancouver apresentou um projeto piloto próprio para permitir o consumo de bebidas alcoólicas em nove parques da cidade e essa iniciativa deve ser expandida neste verão.

Várias outras cidades, incluindo Montreal, também permitem que os residentes consumam bebidas alcoólicas em parques ao ar livre.

Mas em Toronto a prática continua estritamente proibida e qualquer pessoa encontrada em um parque público com um contêiner de bebidas aberto pode receber uma multa de $300.

Em uma entrevista com Newstalk 1010, na manhã dessa segunda-feira, Matlow falou sobre a proibição contínua, dado o que sabemos sobre o risco aumentado de transmissão do novo coronavírus em ambientes fechados.

Ele disse que, embora muitos torontonianos “tenham o privilégio de poder tomar uma bebida no quintal ou na varanda”, nem todos têm a mesma sorte e não deveriam ter a opção de se reunir dentro de casa “ou de fazer algo ilegal”.

“Se você se lembra, há um ano, a cidade estava tomando medidas realmente dramáticas para lidar com a pandemia iminente. Estávamos mantendo as pessoas longe de todo o equipamento do playground e dizendo às pessoas para não se sentarem nos bancos. Mas no ano passado aprendemos muito e agora entendemos muito mais sobre a transmissão do vírus do que antes e agora a cidade está incentivando ativamente as pessoas a ficarem ao ar livre. Na verdade, sabemos que estar ao ar livre é muito mais seguro do que estar dentro de casa. Em outras palavras, se alguém vai tomar uma bebida e está escolhendo fazer isso com outras pessoas, é muito mais seguro fazê-lo ao ar livre com a ventilação que você tem do que reunir-se dentro de algum lugar”, afirmou o vereador.

O comitê de infraestrutura e meio ambiente irá considerar a moção de Matlow em uma reunião agendada para 28 de abril.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.1%
4.3%
8.6%