MENU

15/01/2021 às 08h00min - Atualizada em 15/01/2021 às 08h00min

ONTÁRIO Alerta de lockdown: Ontário envia SMS de emergência

Alerta orienta o indivíduo a apenas sair de casa por motivos essenciais; 'Essa é a lei', diz a mensagem

Luana Saturnino
Foto: Reprodução
 
A população de Ontário recebeu, durante a manhã de 14 de janeiro, um alerta sobre o lockdown. A mensagem em forma de SMS reafirma as restrições do estado de emergência imposto na província. O alerta orienta o indivíduo a apenas sair de casa por motivos essenciais como a compra de comida, busca de cuidados de saúde, exercícios ou jornadas de trabalho.

Apesar de afirmar que “essa é a lei”, o breve comunicado não expressa nada em relação a medidas punitivas em caso de descumprimento das ordens. O comunicado informa que mais detalhes sobre as regras desse estágio de mitigação podem ser encontradas em www.ontario.ca/covidresponse. A página é específica e sucinta no que se refere às punições em caso de descumprimento da lei: Uma multa de 750 dólares canadenses é aplicada àquele que descumprir uma ordem.

Aqueles que impedirem terceiros de seguir a lei devem pagar mil dólares canadenses por ordem descumprida. O valor máximo pode chegar a 100 mil dólares para indivíduo e 10 milhões para corporações. As penas máximas podem resultar em processo até um ano de prisão. Quem mora em território canadense está habituado a receber uma mensagem chamada Amber Alert. Originado na década de 1990 nos Estados Unidos, esse tipo de mensagem tem como intuito divulgar o desaparecimento de crianças de um local.

No Canadá esse tipo de mensagem é divulgada por sms para os aparelhos celulares de toda a população de uma província. O SMS vem acompanhado de um som alto semelhante ao de uma sirene. Na última terça-feira, dia 12 de janeiro, o premier Doug Ford anunciou que a província de Ontário entraria em nível 2 de estado de emergência. Foi a primeira vez que uma mensagem semelhante ao Amber Alert foi usada para anunciar medidas de lockdown para a população. Ontario tem até agora 228.310 casos Covid-19, com 5.189 mortes.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%