MENU

20/04/2021 às 13h39min - Atualizada em 20/04/2021 às 13h39min

Terra Nova e Labrador enviando ajuda médica para Ontário

Demais províncias do Atlântico ainda estudam possibilidades de ajudar Ontário na terceira onda da Covid-19

Redação North News
com informações do The Canadian Press
Foto: Nathan Denette/The Canadian Press
 
Após pedidos de Ottawa, as províncias atlânticas canadenses estão analisando como podem ajudar Ontário na terceira onda Covid-19 letal e recorde que ameaça o sistema de saúde da província.

Funcionários de todas as quatro províncias do Atlântico estão em contato com as autoridades provinciais para ver o que podem fazer pela província mais populosa do Canadá.

O primeiro-ministro de Terra Nova e Labrador, Andrew Furey, disse que sua província com certeza enviará profissionais de saúde da linha de frente para ajudar, entre sua própria esposa.

"Falei com o primeiro-ministro no sábado, ele estava muito feliz que Newfoundland and Labrador estava liderando o ataque. Ontário é o centro do país. Todos nós temos amigos e família em Ontário. E todos nós sabemos que o Covid-19 não respeita nenhuma fronteira geográfica”, afirmou 
Furey nessa segunda-feira.

Ele disse que falou com um "emocionado" Doug Ford e reafirmou o compromisso de Newfoundland and Labrador em enviar ajuda.

“Ele reconhece que pequenas contribuições podem ter grandes impactos e está sentindo o estresse e a tensão de todos os ontarianos, principalmente por meio do sistema médico”.

Os outros premiês do Atlântico não têm tanta certeza sobre suas contribuições.

Um porta-voz do primeiro-ministro da Nova Escócia, Iain Rankin, disse na segunda-feira que Rankin pediu às autoridades de saúde que considerassem o que poderiam oferecer à Ford.

“Nova Escócia precisa permanecer cautelosa. A natureza da pandemia (significa) que podemos enfrentar novos casos a qualquer momento”, 
disse o porta-voz em um comunicado.

Em New Brunswick, uma porta-voz do primeiro-ministro Blaine Higgs disse que qualquer decisão sobre ajudar Ontário dependeria de manter a província segura.

New Brunswick está lutando contra suas próprias contagens de casos elevados, com a região de Edmundston ainda em confinamento.

“Quaisquer recursos humanos que poderiam ser potencialmente compartilhados também seriam baseados em profissionais médicos de nossa província se oferecendo para ajudar em outra província”, disse uma porta-voz em um comunicado.

O primeiro-ministro da Ilha do Príncipe Eduardo, Dennis King, por sua vez, disse que está tentando fazer o que pode.

“Tanto o primeiro-ministro Ford quanto o primeiro-ministro Trudeau sabem que nossos recursos humanos de saúde na Ilha do Príncipe Eduardo não estão em abundância. Fomos solicitados a ver se podemos fazer um pouco para ajudar e estamos nos esforçando ao máximo para responder a esse pedido”, disse King.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.2%
8.3%