MENU

20/04/2021 às 08h32min - Atualizada em 20/04/2021 às 08h32min

Auditor investiga códigos postais dos hot spots escolhidos para vacinação em Ontário

A solicitação foi feita pela líder do Ontario New Democratic Party

Redação North News
Ministrta da saúde de Ontário, Christine Elliott. Foto: Divulgação/ Rede Social
O auditor geral de Ontário, Bonnie Lysyk, deve investigar os códigos postais dos hot spots escolhidos pela província para vacinação contra a covid-19. Além disso, a investigação também deve revisar o plano de imunização de Ontário. 

O pedido de revisão foi feito pela líder do Ontario New Democratic Party (NDP),  Andrea Horwath. Em entrevista ao CP24, a líder disse que "o governo não tem sido transparente. "E eles não mostraram claramente de onde vem sua tomada de decisão." 

Em resposta ao pedido, Lysyk disse que atenderia a solicitação e faria uma auditoria. “Como parte deste trabalho, estaremos revisando os dados usados ​​na determinação da estratégia usada para a distribuição de vacinas”, disse a carta do auditor.

O governo de Doug Ford informou que os pontos foram escolhidos de acordo com uma análise da Tabela Consultiva Científica COVID-19. Ford nega que existam influências políticas sobre as escolhas dos locais. 

Nesta terça-feira, Andrea Horwath e a ministrta da saúde de Ontário, Christine Elliott, tiveram uma discussão calorosa durante uma coletiva de imprensa. A líder do partido oposicionista perguntou se "o governo realmente implementou as recomendações sobre os pontos críticos que surgiram da mesa de ciências". Em resposta, Elliott afirmou que as recomendações dos especialistas foram ouvidas, mas que nem todos os hot spots foram adicionados a lista. Segundo ela, foram levadas em consideração "outras informações". Como exemplo, ela citou internações no passado, internações em UTI no passado, mortes no passado, hesitação vacinal, questões relacionadas ao idioma, questões socioeconômicas.

A conversa ficou mais intensa quando Horwath perguntou quem havia mudado a lista e se a província iria "mudá-la de volta". "O que eu diria ao líder da oposição oficial [...] é que alguém está falando sobre algo que não sabe nada", respondeu a ministra da saúde. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

86.5%
5.2%
8.4%