MENU

22/04/2021 às 12h23min - Atualizada em 22/04/2021 às 12h23min

(VÍDEO) "Cometemos um erro", assume Ford ao se desculpar por 'certas' medidas contra a Covid-19 em Ontário

“Eu sei que algumas dessas medidas, especialmente em relação à fiscalização, foram longe demais. Simplesmente, entendemos errado”, afirmou o primeiro-ministro

Redação North News
com informações do CTV News e CP24
Foto: Doug Ford/Twitter
 
Em sua primeira coletiva de imprensa em quase uma semana após se isolar por ter tido contato com uma pessoa contaminada pelo novo coronavírus, o primeiro-ministro Doug Ford disse que a província agiu "rápido demais" ao anunciar novas medidas para conter a terceira onda Covid-19 em Ontário.

“Eu sei que algumas dessas medidas, especialmente em relação à fiscalização, foram longe demais. 
Simplesmente, entendemos errado. Cometemos um erro”, afirmou Ford em entrevista coletiva virtual nessa quinta-feira.

Na sexta-feira passada, a província anunciou novas medidas que concederam mais poderes à polícia, permitindo que os policiais parassem pessoas aleatoriamente nas ruas e em seus veículos para perguntar por que elas haviam deixado suas casas durante a ordem de permanência em casa.

Em resposta, as forças policiais da província disseram que não aplicariam a medida. O governo então retirou rapidamente esses poderes diante das crescentes críticas de especialistas em saúde pública e defensores das liberdades civis.

A decisão de fechar os parques infantis também foi revertida pelo governo. 

 
Benefício de licença médica paga 
Ford pediu desculpas emocionadas ao mesmo tempo em que anunciava que seu governo estava trabalhando ativamente em um benefício de licença médica paga administrado por províncias para conter a propagação da infecção em locais de trabalho essenciais.

O premier disse que o orçamento federal não incluiu as “melhorias importantes” para o Benefício de Recuperação e Doença do Canadá (CRSB) que ele esperava.

“É por isso que agora estamos trabalhando em nossa própria solução para preencher essas lacunas para todos em Ontário. Vamos apresentar este programa e, novamente, será o melhor programa da América do Norte. Estamos trabalhando em soluções enquanto conversamos agora", 
disse Ford.

Especialistas em saúde pública e membros da oposição - assim como a própria mesa consultiva de ciência da província - pedem licença médica remunerada para trabalhadores essenciais enquanto a província luta com a terceira onda da pandemia Covid-19.

Doug Ford há muito rejeita essas chamadas, apontando para o CRSB como uma opção viável e alertando contra a “dupla imersão”. Os críticos do programa federal afirmam que ele não vai longe o suficiente e deixa os trabalhadores à espera de pagamentos retroativos se eles perderem 50% de sua semana de trabalho.

O primeiro-ministro está atualmente se isolando depois que um membro de sua equipe testou positivo para Covid-19 na terça-feira. Ford fez exames, que um porta-voz disse que deram negativo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.6%
4.7%
7.7%