MENU

15/05/2021 às 08h18min - Atualizada em 15/05/2021 às 08h18min

Investigação militar tira major-general do comando da vacina Covid-19 no Canadá

O Departamento de Defesa Nacional anunciou, nessa sexta-feira, que o major-general Dany Fortin está fora do trabalho

Júnior Mendonça
com informações do The Canadian Press
Foto: Justin Tang/The Canadian Press
 
O oficial encarregado da implementação da vacina Covid-19 no Canadá deixou sua atribuição na Agência de Saúde Pública do Canadá para aguardar os resultados de uma investigação militar.

Na noite dessa sexta-feira, o Departamento de Defesa Nacional anunciou que o major-general, Dany Fortin, está fora do trabalho, mas não deu mais informações sobre a natureza da investigação.

O comunicado diz que o chefe interino da equipe de defesa, tenente-general Wayne Eyre, revisará os próximos passos com Fortin.

O ministro da Defesa, Harjit Sajjan, emitiu uma breve declaração.

“Como afirmei anteriormente, estou empenhado em trabalhar para construir uma verdadeira cultura de inclusão para as Forças Armadas do Canadá e o Departamento de Defesa Nacional, onde todos sejam tratados com dignidade e respeito”, afirmou Harjit.

“Estamos comprometidos com essa mudança duradoura - que elimine valores, práticas e políticas tóxicas e desatualizadas. O Chefe do Estado-Maior da Defesa em exercício me informou que Fortin se afastou. Como há uma investigação em andamento, não terei mais comentários neste momento”.

Sajjan disse que as Forças Armadas canadenses continuam a apoiar totalmente a implantação da vacina e o restante da resposta do governo à Covid-19 em todo o Canadá.

A Agência de Saúde Pública do Canadá e o gabinete da Ministra da Saúde Patty Hajdu recusaram-se a comentar o impacto da saída de Fortin na campanha de vacinação. Eles encaminharam todas as questões ao Departamento de Defesa Nacional.

Em novembro passado, Fortin foi nomeado pelo primeiro-ministro Justin Trudeau para supervisionar o que ele chamou de "o maior esforço de mobilização que o Canadá já viu desde a Segunda Guerra Mundial".

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.2%
8.3%