MENU

15/05/2021 às 12h22min - Atualizada em 15/05/2021 às 12h22min

Israel destrói prédio de Gaza que era usado pela "organização terrorista Hamas"

Até agora pelo menos 139 pessoas, incluindo 39 crianças, foram mortas em Gaza; Israel já registrou nove mortos, incluindo duas crianças

Redação North News
com informações da Reuters
Foto: Mohammed Salem/Reuters
 
Israel destruiu um bloco de torre de 12 andares na Cidade de Gaza que era usado pelo grupo militante islâmico Hamas e também abrigava os escritórios da Associated Press e de outros meios de comunicação dos Estados Unidos. O ataque aconteceu nesse sábado.

O prédio, que também abriga os escritórios da emissora Al Jazeera, do Catar, bem como outros escritórios e apartamentos, foi evacuado depois que o proprietário recebeu um aviso prévio.

Um jornalista palestino foi ferido no ataque, informou a mídia palestina, e destroços e estilhaços voaram a dezenas de metros de distância.


Os militares israelenses disseram que seus “aviões de combate atingiram um prédio de vários andares que continha ativos militares pertencentes aos escritórios de inteligência da organização terrorista Hamas”, e confirmaram ter fornecido um aviso prévio aos civis no prédio, permitindo que eles saíssem.

Segundo os militares israelenses, seus ataques a edifícios em Gaza têm como objetivo atingir alvos usados ​​pelo Hamas, o grupo islâmico que administra o enclave.

Militantes do Hamas dispararam mais de 2.000 foguetes contra Israel durante os últimos episódios de violência. Médicos palestinos dizem que pelo menos 139 pessoas, incluindo 39 crianças, foram mortas em Gaza. Israel registrou nove mortos, incluindo duas crianças.

O porta-voz militar israelense, tenente-coronel Jonathan Conricus, rejeitou a idéia de que Israel estava tentando silenciar a mídia. “Isso é totalmente falso, a mídia não é o alvo”, disse ele à Reuters.

Conricus chamou o prédio de um alvo militar legítimo, dizendo que continha inteligência militar do Hamas. Ele disse que o Hamas pode ter calculado que, ao colocar seus “ativos” dentro de um prédio com escritórios de notícias, “eles provavelmente esperavam que isso os mantivesse a salvo de ataques israelenses”.

Questionado sobre por que todo o prédio foi destruído, Conricus disse que não havia maneira de destruir apenas os alvos do Hamas, que "ocupavam vários andares do edifício". "Foi considerado necessário demolir todo o edifício".

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.4%
4.8%
7.8%