MENU

15/05/2021 às 12h47min - Atualizada em 15/05/2021 às 12h47min

Air Canada estende proibição de voos da Índia até 22 de junho

Um porta-voz do Ministério dos Transportes do Canadá disse que a decisão da companhia foi "feita por conta própria"

Redação North News
com informações do Daily Hive
Foto: Ben Nelms/Reuters
 
A Air Canada estendeu sua proibição de voos da Índia por mais 30 dias.

A companhia aérea confirmou, em comunicado ao Daily Hive, que a proibição estará em vigor até 22 de junho. A Air Canada também não está operando voos de ou para o Paquistão.

“Fizemos isso em antecipação à suspensão existente nos voos entre os dois países sendo renovada pelo governo”, 
disse um porta-voz da companhia.

Em 22 de abril, o governo federal proibiu voos da Índia e do Paquistão por 30 dias após a detecção de altos níveis de casos positivos de Covid-19 em viajantes dos dois países.

Na época, as autoridades disseram que a Índia respondia por 20% do volume de viagens aéreas para o Canadá.

A proibição federal, que deve expirar em 22 de maio, foi posta em prática para impedir a importação da variante B.1.617.1 da Covid-19.

Detectada pela primeira vez na Índia em março, a variante “duplo mutante” estimulou um ressurgimento massivo da Covid-19 no país do sul da Ásia.

O que dizem as autoridades canadenses
O Ministério dos Transportes do Canadá ainda não estendeu a proibição oficial de voos dos dois países.

De acordo com Allison St-Jean, secretária de imprensa do ministério, a decisão da Air Canada de estender a proibição de voos foi "feita por conta própria".

“Continuamos a examinar a situação da saúde pública da Covid-19 em todo o mundo e ajustaremos as medidas de fronteira conforme necessário. No caso da Índia e do Paquistão, nosso governo está acompanhando de perto os desdobramentos e determinará as próximas etapas, com base nas evidências e conselhos de especialistas em saúde pública”, afirmou 
ao Daily Hive St-Jean.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você vai se imunizar contra o novo coronavírus (Covid-19)?

87.5%
4.8%
7.7%